13/12/2017

Número de negros mortos por policiais é o triplo do de brancos

No ano passado, policiais mataram 963 pessoas brancas e mais de 3.000 negras.

A polícia matou o triplo de negros do que de brancos entre 2015 e 2016, de acordo com levantamento do Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado no começo de novembro. Os dados são uma compilação de todos os casos registrados em boletins de ocorrência nos dois últimos anos. Foram 963 mortes de brancos contra 3.240 mortes de negros, por policiais de folga ou em serviço no ano passado. Outras 1.642 mortes foram registradas como “não identificado” e mais 51 como “outros”, totalizando 5.896 mortes causadas pela polícia.

A esmagadora maioria das pessoas mortas pela polícia é composta por homens: são 5.769, contra 42 mulheres e 85 casos não identificados. Grande parte também é jovem: 35,5% têm entre 18 e 29 anos. Mas na maior parte dos casos o dado não foi levantado (45,6%). Além disso, 532 menores de idade, de 12 a 17 anos, foram mortos por policiais, o que representa 9% do total. Mortes de policiais Por outro lado, o levantamento registrou a morte de 573 policiais, em serviço ou não, em 2015 e 2016 – cerca de um décimo, portanto, das mortes causadas por policiais.

A maioria deles também era negra (223, contra 171 brancos e 179 não identificados), mas a média de idade era maior, entre 30 e 49 anos. Quase todos os policiais mortos eram homens: foram registradas 10 mortes de mulheres e 18 ficaram sem identificação. 2016 O Fórum de Segurança Pública também divulgou o recorte por estados das mortes causadas por policiais em 2015 e em 2016. O estado em que a polícia mais mata é o Rio de Janeiro, como se vê na tabela abaixo. Também foi o local onde o número de mortos pela polícia mais cresceu no país.

Em seguida, aparecem São Paulo, Bahia, Pará e Paraná. Na Bahia o número de mortos pela polícia também cresceu significativamente, mas o Fórum de Segurança ressalta que os dados do estado são os menos confiáveis de todo o levantamento, porque a Secretaria de Segurança Pública do estado não respondeu ao questionário.

Estado 2015 2016 Diferença
Rio de Janeiro 645 925 280
São Paulo 832 856 24
Bahia 354 457 103
Pará 193 282 89
Paraná 246 267 21
Goiás 141 209 68
Rio Grande do Sul 111 168 57
Maranhão 89 127 38
Minas Gerais 108 112 4
Ceará 86 109 23
Alagoas 96 108 12
Sergipe 43 94 51
Pernambuco 44 75 31
Rio Grande do Norte 76 65 -11
Santa Catarina 63 62 -1
Amapá 20 59 39
Espírito Santo 25 50 25
Amazonas 33 37 4
Piauí 18 27 9
Mato Grosso do Sul 40 26 -14
Acre 10 25 15
Paraíba 15 22 7
Rondônia 9 18 9
Mato Grosso 8 15 7
Tocantins 10 15 5
Distrito Federal 10 7 -3
Roraima 5 5 0
Total 3330 4222 892


Os pesquisadores usam duas metodologias diferentes: para os dados estaduais, são utilizadas informações fornecidas pelas secretarias; para os recortes por sexo, raça e idade, são avaliados boletins de ocorrência.
Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco