24/01/2018

Zeca Camargo é condenado a pagar R$ 60 mil ao pai e à empresa de Cristiano Araújo

A Justiça condenou o apresentador Zeca Camargo, da Rede Globo, a pagar indenização por danos morais de R$ 60 mil ao pai do cantor Cristiano Araújo e à empresa que cuidava da carreira do artista, morto em um acidente de carro em 2015.

De acordo com a sentença, metade do valor deverá ser paga ao pai de Cristiano Araújo, João Reis de Araújo, e o restante à empresa que cuidava da carreira do sertanejo, a C.A Produções Artísticas.

A decisão da juíza Rozana Fernandes Camapum, da 17ª Vara Cívil de Goiânia, foi publicada na terça-feira (23). O apresentador tem até 15 dias para recorrer da decisão.

"Embora eu nunca tenha ofendido o cantor nem a ninguém da sua família (e muito mensos seus fãs) numa crônica mal interpretada que comentava não sobre a qualidade de uma manifestação artística, mas sobre a repercussão do acontecido na mídia e, apesar de ter pedido desculpas publicamente à época, tomei conhecimento hoje do teor da sentença e vou recorrer", disse o apresentador.

Em 2015, o apresentador falou publicamente sobre a repercussão da morte do artista e de sua namorada.

"Muita gente estranhou a comoção nacional diante da morte trágica e repentina do cantor Cristiano Araújo. A surpresa maior, porém, vem do fato de ser tão famoso e tão desconhecido. O Brasil, felizmente, tem um punhado de artistas que não passam pelo radar da grande mídia, nem são um consenso popular, mas que levam multidões para seus shows. [...] O que realmente surpreende neste evento triste da semana foi a comoção nacional. De uma hora para outra, fãs e pessoas que não faziam ideia de quem era Cristiano Araújo partiram para o abraço coletivo, como se todos nós estivéssemos desejando uma catarse assim, um evento maior que nos unisse pela emoção", disse ele.

Fonte: Acorda Cidade

Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco