14/02/2018

Bebês vão sair da maternidade com cadastro biométrico


Bebês recém-nascidos vão precisar ter cadastro biométrico. Isso antes mesmo de ter certidão de nascimento e alta da maternidade. A regra, aprovada pelo ministério da saúde, obriga todos os recém-nascidos a serem identificados pela palma da mão e a ter essa identificação associada à digital da mãe. Vai acontecer assim: logo depois do parto, ainda na maternidade é tirada a impressão palmar do bebê e a impressão digital da mãe. Com isso, é feita uma declaração de nascidos vivos. Essa declaração é levada para o cartório e, só então a criança pode ser registrada e tirar a certidão de nascimento. Os cartórios vão digitalizar os dados para criar o documento nacional de identidade, a nova identidade que vai valer por toda a vida da pessoa. Os dados biométricos, como a digital, características físicas e até ficha criminal ficam armazenados em uma base de dados que pode ser acessada por todo o governo. As maternidades de todo o país têm 90 dias para ajustar as normas de procedimentos a serem adotadas. 
Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco