21/02/2018

Jaguarari: Impeachment de prefeito é suspenso após Câmara ignorar testemunha de defesa

O pedido de impeachment contra Everton Rocha (PSDB), prefeito de Jaguarari, ganhou
uma novo capítulo nesta tarde (21) após um juiz garantir a reabertura do processo para que uma testemunha de defesa seja ouvida. Em decisão judicial publicada nesta quarta-feira (21), o desembargador Roberto Maynard Frank reiterou a determinação que obriga a Câmara ouvir a testemunha de defesa Heliodoro Lucas Duarte Dourado antes do fechamento do processo. Uma decisão semelhante já tinha sido expedida no último dia 7, quando os vereadores da cidade se recusaram ouvir o testemunho. O “Sr. Lucas”, como ficou conhecido pela denúncia que pede o impeachment de Everton Rocha  seria o responsável por desqualificar indevidamente uma empresa que ofereceu um valor menor para uma licitação de software. De acordo com o advogado que cuida do caso, o testemunho de Lucas Duarte foi assegurado em decisão judicial no dia 7 de fevereiro após ser recusado, porém, foi novamente ignorado durante o fechamento do processo no dia 14. “A testemunha foi até a Câmara que resolveu não ouvi-lo novamente sob o pretexto de que ele seria ‘desnecessário’ para o caso”, relatou o advogado de defesa Sávio Qasem. Com o descumprimento da decisão judicial prévia, o processo de impeachment de Everton Rocha, confirmado pela Casa na última quarta (14), ficou suspenso. A decisão judicial assegurou a reabertura do julgamento para que se ouça a testemunha de defesa.
Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco