Irecê:Justiça determina ao Estado da Bahia celeridade na transferência de bebê

O drama da pequena Luiza Vitória ganhou mais um capítulo. Após 27 dias internada no Hospital Regional de Irecê, aguardando transferência para uma unidade especializada, Luiza continua lutando pela vida e por uma vaga.
A justiça concedeu a medida liminar determinando que o Estado da Bahia disponibilize no prazo de 48h a realização de transferência para a unidade que dispunha de cardiologia pediátrica através de UTI aérea ou terrestre, além de procedimentos necessários que preserve a vida da menor e saúde.
A decisão foi proferida pela juíza Andréa Neves Cerqueira na última sexta-feira, dia 9 de março.

A justiça determinou ainda, caso seja necessário, o encaminhamento para a rede particular de saúde sob as custas do Estado e em caso de descumprimento multa diária no valor de R$20mil reais.

A justiça ainda determinou, em caso de descumprimento, o bloqueio de recursos suficientes para a transferência para unidade que disponha de atendimento especializado.

Até o momento dessa reportagem, os responsáveis pela criança ainda não tinham resposta sobre a transferência.

Confira em vídeo a reportagem sobre o caso:

Reações: 
O que você achou dessa notícia?

Publicações recentes

Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco