15/03/2018

O suplente de deputado estadual Jacó participa de debate na Câmara de Vereadores de Ilhéus

Neste último domingo (11), na Câmara de Vereadores de Ilhéus, representantes de diversos movimentos populares de Ilhéus e Região se encontraram para debater as eleições 2018.



O convidado para expor sobre o momento eleitoral do país e do estado foi o suplente de Deputado Estadual Jacó. Ele falou sobre as dificuldades que os movimentos sociais encontrarão para eleger seus representantes nas eleições 2018. Jacó expôs ainda que os direitos sociais, trabalhistas e previdenciários estão sobre forte ataque dos partidos políticos ligados a empresários. “Após o golpe que retirou a Presidenta Dilma da Presidência, e vocês lembram que eles diziam, ‘primeiro a gente tira a Dilma’, os deputados ligados aos empresários passaram a retirar vários direitos de nós trabalhadores. Querem que voltemos a tomar apenas café com farinha, que nossas esposas e filhas sejam empregadas domésticas e que morramos trabalhando sem nos aposentar” concluiu Jacó.

Participaram do encontro associações de moradores, Associações de deficientes, movimentos de luta pela reforma agrária, povos de terreiro e comunidades tradicionais, movimentos de transporte alternativo, movimento estudantil, representantes do movimento negro e do movimento LGBT. 

Para o Presidente da Associação dos Surdos de Ilhéus (ASI), Welington Oliveira, o encontro foi um espaço de inclusão. 

“É a primeira vez que somos chamados a participar de um debate que prepara para eleições. Achamos importante, estamos incluídos no processo”, disse Welington.

Para um dos coordenadores do Assentamento Dom Helder Câmara, Moacir Pinho, é preciso fortalecer candidaturas de deputados que lutem pela garantia dos direitos da classe mais pobre do nosso Estado. 

“Na Assembleia Legislativa são muitos os deputados que querem tirar os direitos das classes populares. Eles nos querem sem terra para plantar, sem escolas, sem assistência social, sem o direito de nos aposentarmos. Eleger um deputado compromissado com nós pobres é fundamental”, foi taxativo o líder camponês, Moacir.

O encontro teve entre seus organizadores o vereador Makrisi (PT), juntamente com a Esquerda Popular Socialista – EPS (corrente interna do PT).

“Não tenho qualquer constrangimento em está aqui hoje e aproveitar o momento para expor a importância de construirmos a pré-candidatura do companheiro Jacó. Assim como nós, seu caminho é lado a lado das lutas do povo, para além disto, é quem pode ajudar na implementação de ações do governo do estado que beneficiarão centenas de pequenos agricultores em Ilhéus e região. Jacó é importante tanto para a luta do campo, quanto da cidade, por isto estaremos juntos", disse o vereador Makrisi

Jacó, como é mais conhecido, é atualmente primeiro suplente na Assembleia Legislativa da Bahia, em 2014 teve mais de 35 mil votos, sem apoio de nenhum prefeito e com menos de 10 vereadores. Jacó é oriundo dos movimentos sociais e sua atuação é nas lutas populares, principalmente na luta por reforma agrária e fortalecimento de políticas públicas para o campo.

O pré-candidato a deputado, Jacó, agradeceu o apoio recebido do Vereador e das diversas lideranças do movimento popular e social no município e na região. “Tenho caminhado por toda a Bahia, e muito me alegra ter pessoas como o vereador Makrisi e vocês que estão aqui hoje caminhando comigo nesta luta na construção de um projeto popular. ressaltou Jacó.
Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco