Casal que gravou vídeo íntimo em frente à Câmara é indiciado por ato obsceno


Vídeo divulgado pelos dois ganhou repercussão nas redes sociais na última sexta (30).


O casal que gravou um vídeo enquanto fazia sexo na frente da Câmara de Vereadores de Teixeira de Freitas, no sul da Bahia, foi indiciado por ato obsceno. A decisão foi tomada na segunda-feira (02).

O vídeo divulgado pelos dois ganhou repercussão nas redes sociais na última sexta (30). Segundo o carpinteiro, identificado como Márcio Antero Pinheiro, de 36 anos, aquele ato seria uma forma de manifestação após ter pedido à Câmara para ajudá-lo a tapar buracos na rua onde ele mora, mas não teve o pedido atendido.

O homem e a mulher, identificada como Elaine da Silva Santos Pinheiro, de 28 anos, prestaram depoimentos na delegacia da cidade e, após assinarem um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), foram liberados.




Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco