Jussara: prefeito e ex-prefeito são punidos por não cobrarem multas a agentes políticos

Na sessão desta terça-feira (10), o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) julgou parcialmente procedente o Termo de Ocorrência lavrado contra o ex-prefeito de Jussara, Ronaldo Almeida Sousa, e o atual prefeito, Hailton Mendes Dias, pela omissão na cobrança de multas imputadas a agentes políticos. 
O relator, conselheiro Paolo Marconi, determinou o ressarcimento aos cofres municipais, com recursos pessoais, de R$3.765,06 ao ex-prefeito, e de R$16.772,70 ao atual prefeito.
Segundo o TCM, a relatoria concluiu que os gestores descumpriram determinação do Tribunal ao não promover a cobrança de multa imposta no valor de R$15 mil, o que acarretou prejuízo ao erário de Jussara. Os gestores deixaram transcorrer o prazo legal sem adotar quaisquer providências para o seu pagamento. A decisão cabe recurso.

Fonte: Bocão
Reações: 
O que você achou dessa notícia?

Publicações recentes

Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco