Presidente revela que o Jacobina está próximo de acerto com investidor



O presidente do Jacobina, Rafael Damasceno revelou que o clube está em vias de fechar uma parceria trazendo um bom aporte financeiro. O dirigente não revelou o nome do investidor e nem o valor envolvido, no entanto, faltam apenas acertar detalhes para que o contrato seja assinado.

"[As negociações] Estão bem avançadas. Já tivemos uma reunião e vamos ter outra agora lá em Jacobina. Mas possivelmente vem aí uma grande investidora, uma grande parceira, que vai fazer o Jacobina ser uma força do futebol do Nordeste", afirmou em entrevista ao Bahia Notícias. "Vai justamente fazer com que a gente resolva a nossa maior dificuldade que era a financeira. A gente tem hoje um grande fator que é o mando de campo, temos uma torcida fantástica e maravilhosa, mas sempre pecamos na questão financeira. Posso dizer que está 99,9% batido o martelo. Só falta mesmo assinar o contrato, que deve acontecer nos próximos 15 dias. Tenho certeza que o Jacobina vai vir forte, organizado e com uma grande estrutura", complementou.

De acordo com Damasceno, os primeiros investimentos seriam destinados ao futebol profissional. Em seguida, as divisões de base do clube também deverão ser abraçadas pelo novo projeto. "Inicialmente o intuito é investir no profissional, mas logo em seguida vamos começar também um trabalho forte na base. A gente sempre terceirizou a nossa base, mas nesse ano queremos realmente reassumir a nossa divisão de base para que a gente possa revelar para equipe profissional e para negociações", disse.

Sobre a duração do contrato, Rafael Damasceno falou que este ainda é um dos pontos que faltam para concretizar a parceria. "Ainda estamos discutindo esses detalhes. Questão de tempo de contrato, como vai ser... Mas a ideia nossa é que seja para muitos e muitos anos. Que seja uma parceria duradoura que possa ser para muitos anos e não só para um ou dois anos ou uma competição não. Estamos discutindo isso, mas mesmo que seja por pouco tempo, poderemos renovar", explicou.

O Jacobina escapou do rebaixamento no Campeonato Baiano deste ano. O Jegue terminou a primeira fase na oitava colocação com sete pontos. Em nove jogos, o time venceu dois, empatou um e perdeu seis, um aproveitamento de quase 26%. O clube não tem mais nenhum compromisso nesta temporada de 2018.




Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco