14/05/2018

Rafael Medeiros concorre a cargo legislativo para lutar por pessoas com necessidades especiais

No dia 24 de maio de 2018 será lançada a pré-candidatura de Rafael Medeiros wue concorre a vaga de deputado estadual.
Rafael Medeiros é graduado em enfermagem e concluirá o curso de direito no próximo mês de junho. Em seu currículo profissional, Rafael atuou como enfermeiro da prefeitura de Irecê, auditor do PLANSERV e Hospital do Dom Pedro de Alcântara, e atualmente é servidor público da Prefeitura Municipal de Salvador. Além disso, Rafael Medeiros é escritor, tendo lançado diversas obras, sendo a mais recente lançada nas melhores universidades da Bahia, intitulada como “Novo Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem, Lei do Exercício Profissional de Enfermagem, Pareceres e Jusrisprudências”.

“Sempre quando as pessoas me perguntam o partido, respondo que é o PTB, fundado pelo pai dos pobres, Getúlio Vargas. Foi ele quem criou a CLT, Petrobrás, Vale do Rio Doce, entre outros institutos. Minha linha de trabalho é exatamente essa, voltada aos mais necessitados. Vale lembrar que sou criador de três projetos sociais de sucesso: o primeiro, fazia doação de cestas básicas para pessoas com deficiência; o segundo, com recurso próprio, eu doava R$ 1.000 (mil reais) para as pessoas com deficiência que apresentassem um projeto de empreendedorismo; e o terceiro projeto é o que está sendo executado hoje em Salvador, o qual faço doação de cadeiras de rodas, muletas, e adaptamos casas para as pessoas com deficiência. Vale lembrar que tudo isso é realizado com dinheiro meu, não recebo ajuda nenhum do poder público.”

Durante a conversa, Rafael Medeiros citou seus projetos e contou um pouco da sua história de vida. Ele escolheu duas bandeiras principais para representar: o direito das pessoas com deficiência e a classe dos profissionais de Enfermagem. Mas ele lembra também que fará de tudo para levar educação e emprego para as pessoas de sua terra natal, Irecê.

“Tive em Irecê para lançar meu novo livro na Faculdade Irecê. Fiquei impressionado com o sentimento de insegurança que vive a sociedade de Irecê. Tá algo assustador. Sabe qual a causa disso? É a falta de investimento na educação e na geração de emprego. Recentemente li um artigo que trata de criminalidade na Bahia, do Professora da UFBA José Carrera Fernandez, que diz que quanto maior a escolaridade da população, maior será o aproveitamento no trabalho e menor será o índice de criminalidade. Assim, tenho como meta levar para Irecê cursos de nível superior e técnicos, principalmente aqueles voltados para a agricultara e pecuária. Além da criação de um consórcio para construção de uma ferrovia para escoamento da produção e implantação de um centro meteorológico de alta precisão.”

Quanto aos projetos para as Pessoas com Deficiência, Rafael Medeiros cita o mesmo exemplo da educação. Ele diz que é necessário que as pessoas com deficiência se qualifiquem e ingressem no mercado de trabalho.

“Acredito que poderei aumentar o alcance do meu projeto. Se hoje, como a venda dos meus livros eu ajudo 10 pessoas, na Assembleia Legislativa, eu ajudarei milhares de pessoas. Sou um homem bastante determinado, traço bem meus objetivos e procuro realiza-los. Uma coisa eu garanto: caso eu seja eleito, irei mudar para melhor a vida das pessoas com deficiência na Bahia. Pode anotar aí. Isso eu garanto”.

Quanto aos profissionais de enfermagem, Rafael Medeiros cita que na Bahia hoje existem 120 mil enfermeiros, técnicos e auxiliares de Enfermagem.

“É muita gente. Somos a maior classe de trabalhadores na área da saúde. E, ao mesmo tempo, não somos reconhecidos pelo trabalho que desempenhamos: somos mal remunerados, temos péssimas condições de trabalho e, ao mesmo tempo, não temos ninguém para lutar por a gente. Temos que ter união. Se a gente se unir, pode ter certeza que alcançaremos bons salários, conseguiremos as 30 horas e, de quebra, conseguiremos a aposentadoria especial. Meu último livro, que tem 350 páginas, estudei profundamente nosso código, as leis e jurisprudências relacionada a Enfermagem. Analisei quais as mudanças necessárias que devem ocorrer para que a gente fortaleça a Enfermagem e que nos proporcione um salário digno para que tenhamos uma boa qualidade de vida. Quem não quer ter um bom salário? Todo nós queremos. O que não pode é uma prefeitura pagar R$ 9.000 mil reais a um Enfermeiro e outra prefeitura vizinha pagar ao mesmo profissional apenas R$ 1.000 mil reais. Nossa profissão é de alto risco, diariamente, diversos colegas são infectados pelo vírus do HIV, adoecem pelo estresse da profissão, tudo isso devido à falta de fiscalização do poder público, devido a inércia dos nossos governantes. É nessa área que faço outra promessa, também pode anotar aí, eu já tenho esse projeto de lei escrito. Caso eu for eleito, no primeiro dia já irei apresentar o projeto de lei criando o piso salarial do Enfermeiro, Técnico de Enfermagem e Auxiliar de Enfermagem no estado da Bahia. E quanto a fiscalização do cumprimento da lei, eu mesmo vou criar uma comissão para fiscalizar, não irei esperar o sindicato ou mesmo o Coren. Minha intenção é que todos os Profissionais de Enfermagem ganhem bem e tenha um boa qualidade de vida. Imagine você poder comprar o que você quiser? É assim que quero que seja a vida de todos os profissionais de Enfermagem, que todos possam ter o prazer de ter uma vida digna”.

O lançamento da pré-candidatura de Rafael Medeiros ocorrerá no dia 24, às 18h, na Avenida Senador Teotônio Vilela, 190, no Edifício Convention Center, em Salvador.
Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco