Ministério da Saúde prorroga vacinação contra a gripe até 22 de junho


Motivo foi a baixa imunização e necessidade de vacinar mais 11,8 milhões de pessoas.

O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta (13) a prorrogação da campanha de vacinação contra a gripe até o dia 22 de junho. O motivo é a baixa cobertura registrada na Campanha Nacional de Vacinação.
A preocupação da pasta é com a proximidade do inverno, período de maior circulação dos vírus da gripe. Desde o início da campanha, em 23 de abril, 77,6% da população prioritária foi imunizada, o que corresponde a 42,6 milhões de pessoas. Segundo o último levantamento, 11,8 milhões de pessoas ainda precisam ser vacinadas para a meta 54,4 milhões de pessoas ser atingida.
Quem deve tomar a vacina
O público-alvo da campanha inclui crianças de 6 meses a 5 anos, idosos a partir de 60 anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, indígenas, gestantes, puérperas (mulheres em até 45 dias após o parto), presos e funcionários do sistema prisional. Pessoas com alguma doença crônica, como asma ou diabetes, também integram o grupo prioritário.
A vacina utilizada na rede pública de saúde protege contra os três subtipos do vírus da gripe mais comuns no Hemisfério Sul ao longo do último ano, incluindo o H1N1.




Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco