AO VIVO

PSB não define futuro de Lídice da Mata e demonstra indignação com escolha de Coronel

A reunião do PSB terminou por volta das 19h30 desta segunda-feira (25). Em um clima tenso, os membros da sigla ouviram lamentações da senadora Lídice da Mata, que ouviu a decisão do governador durante o encontro partidário. A senadora se mostrou indignada com a escolha de Rui, mas não confirmou a candidatura a deputada federal, tampouco se tentará o Senado sozinha.

Segundo fontes socialistas, a senadora deve, de fato, se lançar à Câmara, mas deixará o anúncio para os últimos minutos do segundo tempo. A ideia é mostrar que o partido tem independência e não se submeterá às decisões do chefe do Executivo baiano. Lídice, no entanto, reafirma apoio às candidaturas de Rui e de Jaques Wagner —mas não para a de Coronel.

Após o encontro, o PSB divulgou uma nota manifestando “publicamente sua indignação e sua total inconformidade com a decisão de excluir da chapa majoritária encabeçada pelo governador Rui Costa o nome da senadora Lídice da Mata”.

“No momento em que a luta da mulher cresce no mundo inteiro, inclusive no Brasil, o campo progressista apresenta uma chapa só de homens para o eleitorado baiano. Esta exclusão revela um profundo equívoco na condução do processo político. Entendemos que a reeleição de Lídice seria um direito e um dever da esquerda baiana e brasileira e atenderia a qualquer critério individual ou a um conjunto de critérios adotados”, diz o texto.

No comunicado, o partido também destaca posição da senadora nas pesquisas eleitorais e relembra que foi convidado para integrar outras chapas opositoras. “E, por fim, pelo critério eleitoral, em que Lídice desponta com 26% da preferência dos eleitores colocando-se em segundo lugar, logo abaixo do ex-governador Jaques Wagner, com 36%. O deputado Ângelo Coronel obteve apenas 3% da preferência popular. O PSB da Bahia não terá compromisso com este erro histórico, porém, mais uma vez coerente com a sua própria história, reafirma seu apoio à candidatura de Rui Costa e de Jaques Wagner para Senador da República. Agradecemos as generosas ofertas do deputado Jutahy Magalhães Júnior, do ex-ministro João Santana e do ex-prefeito João Henrique, mas por um dever de coerência política e ideológica, inclusive ressaltado pelo prefeito ACM Neto, declinamos delas”.

Fonte: Bocão
Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco