19/06/2018

Rui adia anúncio da chapa a pedido dos aliados

O governador Rui Costa (PT) disse, ontem, que não vai anunciar hoje, como estava previsto, a chapa governista para disputar a eleição deste ano após receber pedidos dos aliados. O chefe do Palácio de Ondina prometeu, no entanto, divulgar ainda nesta semana.  “Nós já temos a composição da chapa, mas alguns partidos – que não necessariamente estão pleiteando lugar na chapa – pediram para conversar comigo antes do anúncio. Em respeito a eles, amanhã [hoje] vou conversar com eles, alinhar o encaminhamento e ouvir o que eles têm a dizer”, alegou, em entrevista à imprensa, durante o lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar 2018/2019, que tem um conjunto de ações voltadas para o fortalecimento dos produtores. O governador afirmou que adotou “critérios da política” para definir a composição governista. Aliados do petista baiano garantem que a chapa será formada por Rui e o vice-governador João Leão (PP), como candidatos à reeleição, além do ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), e do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Angelo Coronel (PSD), como postulantes ao Senado.
Ontem, Coronel confirmou que o seu partido o indicou para a vaga na majoritária. “O governador Rui Costa, que é o grande comandante do processo, está conversando com todos os líderes da coalizão governista. O PSD, o meu partido, indicou o meu nome para concorrer ao Senado, respaldado por quase 90 prefeitos, nove deputados estaduais, cinco deputados federais e um senador”, disse.
Provavelmente fora da chapa, a senadora Lídice da Mata (PSB) permanece com o futuro político indefinido. Não se sabe ainda se a socialista vai ser candidata à Câmara dos Deputados, como sugeriram Rui Costa e Wagner na semana passada. Na avaliação deles, se a baiana for postulante a deputada federal, “ela continua na cena nacional”. “A tendência natural é essa”, afirmou o ex-governador, em entrevista ao jornal Estado de São Paulo. Cogita-se também a hipótese de Lídice ser suplente ao Senado de Wagner. Caso a última opção não se concretize, especula-se que o deputado federal Bebeto (PSB) pode ficar com a suplência para evitar que a senadora dispute votos com o correligionário. Hoje, a senadora fará uma plenária para discutir a chapa governista. O encontro, que foi divulgado nas redes sociais, vai acontecer no Hotel Sol Vitória Marina, no Corredor da Vitória, a partir das 18h. 

Fonte: Tribuna da Bahia
Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco