03/07/2018

Decisão sobre chapa de José Ronaldo deve ser tomada após anúncio da composição nacional

Com o DEM em conversas "com todo mundo" no âmbito nacional, o ex-prefeito de Feira de Santana (DEM) pode ter que esperar a definição do partido quanto à eleição presidencial antes que haja uma decisão sobre sua chapa majoritária ao governo do Estado. "É muito provável que primeiro eu anuncie a decisão nacional do Democratas e depois a gente faça Bahia. Essa é uma estratégia que a gente está avaliando, acho que talvez seja mais adequado", afirma o prefeito ACM Neto, presidente nacional do partido. No momento, ele tem se reunido com os pré-candidatos à Presidência da República, Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Álvaro Dias (Podemos). Além disso, oficialmente, o DEM mantém a pré-candidatura do presidente da Câmara, Rodrigo Maia. "É óbvio que ele já sinalizou que não será empecilho para a construção do projeto de uma unidade mais ampla de campo de centro, mas tudo em seu devido tempo de causa. Nós temos aí não mais do que 15 dias pra começar a tomar essa decisão, então está chegando a hora", pondera o prefeito, acrescentando que, caso Maia desista do pleito, ele vai se candidatar a reeleição na Câmara Federal. Quanto à aproximação do DEM com Ciro Gomes, que é historicamente ligado à esquerda, Neto ressalta que uma aliança do PDT com legendas como o PSB e o PCdoB não inviabiliza uma coligação com o DEM. "O único diálogo que a gente não tem é com o PT. No plano nacional, a gente tem um diálogo com o PSB, com o próprio PCdoB, portanto, não há nenhum impedimento com uma eventual aliança dele com partidos de esquerda", afirma. Ciro esteve entre os poucos presidenciáveis que vieram para o Dois de Julho, nesta segunda-feira (2), mas, com o pé machucado, o ex governador do Ceará deixou o cortejo logo no início.
Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco