Governo Temer ameaçou tirar cargos de quem apoiasse Ciro Gomes

O Centrão, formado por legendas como PP, DEM, PR, SD, PRB, PSC, foi pressionado pelo Palácio do Planalto a apoiar o pré-candidato Geraldo Alckmin (PSDB). De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, o governo Temer ameaçou tirar cargos dos partidos que declarassem apoio ao pré-candidato Ciro Gomes (PDT).
No bloco, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e os presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), e do Solidariedade, deputado Paulo Pereira da Silva (SP), eram simpáticos com a candidatura do pedetista.
Entre os maiores ameaçados de perder cargo estava o PP, que comanda os ministérios da Saúde, Cidades e Agricultura. Juntos, os ministérios somam um orçamento de R$ 153,5 bilhões.
Reações: 
O que você achou dessa notícia?

Publicações recentes

Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco