AO VIVO

Irecê: Comissão do MEC aprova curso de Direito em instituição particular

Entre os dias 13 e 14 de agosto, a equipe da FAI recebeu a visita de uma Comissão de Avaliação do Ministério da Educação (MEC) e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), composta pelo Prof. Dr. André Luis Mattos e pela Profª. Dra. Juliana Ortiz. A comissão teve como objetivo avaliar a implantação do Curso de Direito pleiteado na FAI junto ao Ministério da Educação.
Ao longo de dois dias de visita, a Comissão analisou diversas variáveis, como corpo docente, infraestrutura e instalações, além dos recursos didático-pedagógicos disponíveis, identificando, ao término do processo, plenas condições da oferta do curso de Graduação em Direito, com a qualidade exigida pelo MEC, o que fez com que a FAI alcançasse uma excelente avaliação para o curso.
Esse conceito, que vai da nota 1 à nota 5, indica a situação dos cursos de graduação no país, sendo que os cursos com conceito 3 são aqueles que atendem plenamente aos critérios de qualidade para funcionarem. Da mesma forma, cursos com conceito 5 serão cursos de excelência, devendo ser vistos como referência pelos demais.
O curso de Direito da FAI tem sua estrutura, corpo docente e capacidade didática devidamente reconhecidas, apresentando um corpo docente formado por 90% de professores com Mestrado ou Doutorado, biblioteca física moderna e atualizada, núcleo de práticas jurídicas já em funcionamento, através das Unidades do CEJUSC (Pré-processual e Processual) e um projeto pedagógico inovador e alinhado com o contexto social do Território, onde a FAI se insere.
Para o Prof. Hebert Durães, Coordenador do Curso de Direito, a aprovação representa não só uma vitória institucional para a FAI, mas um ganho de enorme valia para todo o território de Irecê. "O curso de Direito da FAI será um grande divisor de águas para Irecê e região. Seja porque atrairá novos recursos para o Território, seja porque os nossos jovens, que desejam cursar a graduação em Direito, não precisarão mais sair de suas casas para realizar um sonho que outrora era tão distante. O curso de Direito da FAI ofertará a mesma qualidade que os bacharelados dos grandes centros",  frisou o professor.
De Acordo com a Diretora Acadêmica da FAI, a Prof.ª Maria da Conceição Araújo, vencer mais essa etapa institucional coroa todo o esforço da equipe da Faculdade que, desde a elaboração do projeto até os mínimos detalhes da infraestrutura, pensaram tudo de maneira muito cuidadosa e dedicada. "A equipe não mediu esforços. Todos se empenharam para que tivéssemos o melhor resultado possível", disse a Conceição.
Com a avaliação positiva do MEC, o processo de autorização do Curso de Direito da FAI entra em sua fase final. Segundo informações da Direção da Instituição, a portaria deve ser publicada ainda em 2018 para a oferta de 100 vagas anuais. "Estamos muito felizes com esse resultado, a população do Território estava ansiosa pela oferta do Curso de Direito e sempre nos interpelavam sobre o prazo para oferta. O curso tem extrema relevância para o desenvolvimento da região, dessa forma, a FAI continua cumprindo sua missão institucional", afirmou o Prof. Marcos Carvalho, Diretor Geral da FAI.
Fonte: Ascom/FAI
Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco