Produção de abóbora na região de Irecê é exportada para outros estados.


Além de ser rica em vitaminas e minerais, a abóbora também é conhecida por prevenir doenças do coração, melhorar a qualidade do sono e beneficiar o sistema imunológico. Rico também é o território Irecê, sobretudo o município de Ibipeba, onde alguns agricultores já produzem um alimento tão completo.
Mas os principais produtores de abóbora no Brasil são Minas Gerais, Goiás, São Paulo, Bahia, Paraná e Santa Catarina. O plantio é realizado com sementes híbridas ou mudas, sendo que as regiões ideais para a atividade são as com clima quente e úmido.
No geral, a rentabilidade é boa, mas os lucros podem variar de acordo com o período de colheita, já que o excesso de oferta pode pressionar as cotações. Além disso, a demanda é restrita ao mercado nacional e costuma ser satisfatória, sendo que o pico é atingido no inverno. Vale destacar, ainda, que a procura pelo produto tem aumentado nos últimos anos, devido às suas propriedades nutricionais.
O maior desafio para produtores de abóbora é quanto à época de comercialização, sendo necessário conhecer o mercado para obter boa rentabilidade. O alto preço do frete em algumas regiões também pode dificultar o escoamento.
A demanda pela abóbora, principalmente pela variedade japonesa (cabotiá), tem se elevado, e o retorno é relativamente rápido, visto que o ciclo é de poucos meses. Com o manejo adequado, a cultura se adapta facilmente a vários tipos de solo, e, no caso da moranga, é uma boa opção para rotação de culturas. Em boas janelas de oferta, a receita pode alcançar patamares bem superiores aos custos.

Fonte: CN



Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco