AO VIVO

Irecê: Presidente da Câmara admite possibilidade de candidatar-se a prefeito

O jornalista Eraldo Maciel conversa com Figueiredo. Foto: Adalex Góis

Por: Eraldo Maciel

Durante entrevista concedida ao programa “Bote a Boca no Trombone”, da Irecê Lider FM, na tarde desta quinta-feira 18, o atual presidente da Câmara de Vereadores de Irecê admitiu que, “se necessário, estarei pronto” para a eventualidade de ser chamado para candidatar-se à prefeitura. Rogério Santos Amorim (PSB), mais conhecido como ‘Figueiredo’, exerce o seu segundo mandato consecutivo no legislativo local; em 2016 ele foi o vereador mais votado.

Figueiredo respondeu a questionamentos dos apresentadores Fábio Oliveira, Adalex Góis e Eraldo Maciel, que trataram sobre assuntos relacionados à gestão do atual prefeito Elmo Vaz, também do PSB, e ao papel da Câmara Municipal em momentos como a negociação salarial com os professores da rede municipal, neste ano, a não-realização do desfile cívico de 7 de Setembro, funcionamento de PSFs e a avaliação a respeito da atuação do prefeito, entre vários outros. Para ele, Elmo Vaz “está fazendo um bom trabalho”, mantendo a regularidade do funcionamento da prefeitura municipal.

Mesmo dizendo que acha que o desfile de 7 de Setembro deveria ter acontecido, ele defendeu o prefeito ao afirmar que “naquele momento, de negociação com os professores, a ideia foi economizar. Podem achar que R$ 20 ou R$50 mil não fazem diferença, mas não é assim”. Ao falar sobre a relação do atual prefeito com o Legislativo, ele garante que há liberdade total da bancada de situação, inclusive para críticas – apesar de não se ter registro de manifestações de vereadores nesse sentido.

Figueiredo também defendeu os festejos de São João deste ano, bastante criticados pela população. “Vi as praças cheias, o Mercadão, os bairros... Só não tivemos uma programação com uma grade tão cara quanto antes”, disse ele, referindo-se às parcas contratações para o evento principal, na Praça Cleriston Andrade. “O São João tem de ser para as pessoas da cidade, que pagam a festa com os seus impostos e ainda gastam dinheiro na festa”, afirmou o vereador. Ao ser questionado sobre a importância dos turistas, ele voltou a dizer que o principal são as pessoas do lugar. Novamente interpelado sobre o incremento no Turismo, o edil reafirmou que “essas pessoas vem aqui só para a festa... Mesmo assim, todos os hotéis estavam lotados, o Comércio vendeu bem”.

Sobre o imbróglio entre o prefeito e os professores, ele disse que “houve falha da APLB e dos próprios professores”, que não teriam se organizado o suficiente para as negociações. “Adiei, inclusive, a votação do projeto de reajuste na Câmara, aguardando a manifestação da categoria. Poucos professores o fizeram”, afirmou. Figueiredo também lembrou que o professor Otacilio Marques Dourado Sobrinho, mais conhecido como Silú, que exerceu mandato como vereador pelo PT e foi também secretário de Educação na gestão de Luizinho Sobral, teria admitido em recente Sessão da Câmara que o Plano de Carreira dos professores aprovado em Irecê é uma espécie de “bomba-relógio”: as próximas gestões passarão a enfrentar problemas para conseguir manter a Folha de Pagamento e suas obrigações. Ou seja: vem mais problemas por aí.

CANDIDATURA
Sobre informações que especulam a possibilidade de Elmo Vaz não ser candidato à reeleição, Figueiredo disse que não tratou sobre isso com o prefeito. Por outro lado, lembrou que Elmo faz parte dos quadros da Embasa e que foi “convocado” para ser candidato ao Executivo local - e que, em muitos casos, “é mais fácil se eleger do que, depois, exercer o mandato. São muitas cobranças: de aliados, da oposição, da população...”.


Perguntado se ele seria candidato, caso convidado pelo prefeito, respondeu que “é muito prematuro para falar sobre a sucessão. Mas, se eu for chamado, estarei à disposição”.
Reportagens recentes:

Deixe um comentário

Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco