Menu Horizontal Fixo

Menu Horizontal Relativo

Propagandas [1110px]

Capim Grosso registra mais de 100 pessoas com sintomas de dengue e dois casos de dengue hemorrágica confirmados clinicamente, informa coordenador da Vigilância Epidemiológica

03/03/2019

Foi confirmando na noite dessa quinta-feira, 28 de Fevereiro, por Rangel,  Coordenador da Vigilância Epidemiológica de Capim Grosso, mais de 100 pessoas com sintomas da dengue; os pacientes passaram pelo atendimento da UPA 24h e o mais grave de tudo: O coordenador confirmou que Clinicamente Capim Grosso registrou em 2019, dois casos de dengue Hemorrágica, um no Bairro Jardim Araújo, região do Clube AACC e outro no Bairro Planaltino, faltando apenas a confirmação por parte da SESAB - Secretaria de Saúde da Bahia. “Os dois casos de dengue hemorrágica, por conta de sangramento dos dois pacientes, já foram confirmados clinicamente, faltando apenas a confirmação da SESAB, o que na verdade coloca a cidade em sinal de alerta total. Tudo isso por conta do forte calor e a população que não cumpre com a sua parte, fazendo o trabalho de cinco minutos por semana eliminar tudo que possa acumular água para o nascimento do mosquito, isso já seria suficiente para o combate à dengue na cidade”, disse o coordenador.
Além dos casos de dengue hemorrágica e mais de 100 pessoas com sintomas da dengue, Rangel apresentou também números referente ao trabalho de combate à dengue em Capim Grosso, realizado pela equipe de agentes de endemias. Bairro Oliveira, com 16%, Sacramento, com 15%, Novo Oeste, com 12%, Planaltino, com 10%, Jardim Araújo, com 7,5%, Novo Horizonte, com 2%, Jardim Formosa, com 5% e Vicente Ferreira, também com 5%.
Para afastar a possibilidade de novos casos a administração municipal vai realizar a SEXTA DA FAXINA, com início nesta sexta-feira, 01 de Março, nos Bairros Oliveira, pela manhã e Bairro Sacramento à tarde. Agentes de combate à dengue, dentre outros vão está em ambos os Bairros recolhendo tudo que possa contribuir para a proliferação do mosquito que transmite além da Dengue, Zica e Chikungunya. “Vamos realizar esse trabalho mensamente na cidade, para isso queremos contar com o apoio de toda a sociedade”, colocou o Coordenador.
Além da faxina, Rangel informou que a secretaria da Saúde trabalha a vinda do FUMACÊ, com serviço sendo realizado pontualmente também pela equipe de combate à dengue, bem como a realização de concurso nos próximos meses visando aumentar o número de agentes. “Hoje são apenas 16, vamos precisar dobrar o número de agentes”, colocou o Coordenador, informado ainda que a gestão municipal trabalha a realização de concurso ainda no 1º semestre.
Texto: Arnaldo Silva, DRT – 2805/BA. 

Publicações recentes

Deixe um comentário

Reportagens recentes:
Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2019 | Desenvolvido por Junior Pacheco