Menu Horizontal Fixo

Menu Horizontal Relativo

Propagandas [1110px]

Morro do Chapéu: Bebê de três meses morre e mãe é presa suspeita pelo crime de homicídio

17/04/2019

Na manhã desta terça-feira (16), um bebê de 3 meses, depois de ter sido levado pela avó materna, a emergência do Hospital e Maternidade São Vicente de Paulo, onde já chegou sem sinais vitais. Muitas informações desencontradas de populares diziam que a própria mãe teria sido a responsável pela morte da menina Franciele.
Após a constatação da médica de plantão, Drª Jussimar, a direção do Hospital acionou a Polícia Militar e o Conselho Tutelar para acompanharem o caso.
Diligências foram feitas à residência da família, onde foram obtidas mais informações e a detenção da mãe da criança, principal suspeita dos maus tratos.
Nesta noite, a Polícia Civil emitiu releasing sobre o caso, na delegacia de Irecê, pois, o delegado de Morro do Chapéu, mesmo tendo tomado posse, ainda está providenciando mudança, segundo informações.
Segue a nota:
POLÍCIA CIVIL DA BAHIA
DEPIN – 14ª COORPIN
DT DE MORRO DO CHAPÉU
HOMICÍDIO DECORRENTE DE MAUS TRATOS
DATA E HORÁRIO: 16/04/2019, por volta das 08:00hs
LOCAL: BAIRRO ALTO DA CHAPADA – MORRO DO CHAPÉU
VÍTIMA: FRANCIELE SANTOS DA SILVA, menor de três meses de idade..
AUTORIA: FERNANDA SANTOS DA CRUZ (GENITORA)
MEIO EMPREGADO: MAUS TRATOS
MOTIVAÇÃO: DESCONHECIDA

HISTÓRICO: Às 11:00 horas, desta data, 16/04/2019, esta Delegacia tomou conhecimento, através da guarnição da PM deste município, da morte de um bebê identificado por FRANCIELE SANTOS DA SILVA, de três meses de idade. Segundo consta, a menor foi vítima de maus tratos perpetrados pela genitora identificada por FERNANDA SANTOS DA CRUZ. Na noite anterior do dia do ocorrido, a genitora teria alimentado a vítima com leite e percebido que a mesma não reagia aos sentidos. Diante da situação, a genitora não socorreu a vítima, não a levou para o hospital. A vítima permaneceu toda madrugada do dia 16/04/2016 sem apresentar sinais vitais. Somente por volta das 08:00 horas desta data, a avó da criança, a senhora Francisca Alves Costa dos Santos, ao tomar conhecimento do fato, levou FRANCIELE ao hospital onde a médica de plantão atestou o óbito. A guarnição que acompanhou o caso, após localizar a genitora da vítima, deu voz de prisão em flagrante pelo crime de homicídio e a conduziu a sede desta Delegacia onde a autoridade determinou a lavratura do Auto de Prisão em Flagrante Delito.
PROVIDÊNCIAS: registro da ocorrência; oitiva da genitora da flagranteada, bem como do irmão da mesma e possíveis testemunhas; Lavratura do A.P.F.D., emissão do ofício solicitando relatório médico do hospital, emissão da guia de necropsia.
FONTE: EPC Antonio Roberto Trindade / Léo Ricardo

Publicações recentes

Deixe um comentário

Reportagens recentes:
Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2019 | Desenvolvido por Junior Pacheco