Menu Mobile 1

Menu Horizontal Fixo

Menu Horizontal Relativo

Advogado deixa caso e diz que mulher que acusou Neymar mentiu sobre estupro

04/06/2019

O advogado que representava a mulher que acusou Neymar de estupro deixou o caso e afirmou que ela registrou o boletim de ocorrência contra o jogador  com informações diferentes das que contou aos defensores. A informação é do Jornal Nacional. Em carta oficial do escritório do advogado José Edgard da Cunha Bueno Filho para encerrar o contrato com a mulher, é dito que o BO foi registrado "diferente dos fatos descritos por vocês aos nossos sócios, já que sempre declarou que a relação mantida com Neymar Jr foi consensual, mas que durante o ato ele havia se tornado uma pessoa violenta, agredindo-a, sendo esse o fato típico central (agressão) pelo qual ele deveria ser responsabilizado cível e criminalmente", diz o texto. "Por raiva ou vingança, vossa senhoria registrou no BO fatos descritos em desacordo com a realidade", continua o texto.
A atual advogada da mulher, que pediu para não ser identificada, em resposta divulgou mensagens que mostram que ela citou em determinado momento que o jogador "me espancou e me estuprou". As conversas foram mostradas no JN. A mulher estava ansiosa para divulgar o caso na imprensa e tem que ser convencida a não fazer isso pelo advogado, que pede calma. Ela transparece muita revolta e chega a falar em contratar uma quadrilha para lidar com o jogador. 
Por que a gente não joga logo na mídia para acabar coma carreira desse pipoqueiro logo de vez? Ele me espancou e me estuprou. Estava bêbado e drogado. Ele mesmo fala nos prints. É uma pessoa de má índole. Viciado em drogas, agressor que precisa "ser" preso ou internado. Não tem condições de andar em sociedade porque é uma ameaça para o mesmo", diz a mulher. 
Ela diz que está com raiva. “Eu devia ter matado ele quando tive a chance", afirma. O defensor diz que o caso será lento e que por isso mesmo tenta um acordo, que seria o melhor caminho. Ele diz que, em uma reunião com representantes de Neymar, mostrou um vídeo gravado por ela - não divulgado até aqui - e também um relatório médico. 
A atual defensora também divulgou um relatório de uma consulta médica feita pela mulher em 21 de maio com um especialista de aparelho digestivo. O relatório indica vários problemas de origem nervosa e fala ainda de hematomas na região dos glúteos. O médico confirmou a veracidade ao jornal.  O diagnóstico dele é de um distúrbio estomacal, transtorno ansioso e depressivo e traumatismos superficiais não especificados. 
Ao JN, o advogado José Edgard falou sobre o caso, que preferiu abandonar."Eu fui contra qualquer medida bombástica. E até que chegou num momento, de forma mais dura, ela ter acusado a minha ética profissional a respeito do que eu estaria fazendo".
A reunião com os representantes de Neymar foi quarta (29), segundo o escritório de José Edgard. “Feito o primeiro contato com os representantes do agressor, por intermédio de uma reunião realizada em 29/05/2019, foi rechaçada qualquer possibilidade de acordo extrajudicial na esfera cível por parte dos representantes de Neymar Júnior, que menosprezaram o ocorrido, lamentavelmente". O documento encerra lembrando que "alteração na verdade dos fatos" pode levar ao crime de denunciação caluniosa, conforme previsto no Código Penal.
No dia 31, a mulher contratou nova advogada e foi então que registrou o boletim de ocorrência denunciando o caso como estupro.
Neymar pai diz que filho sofreu "armadilha"
Em entrevista à TV Bandeirantes, o pai de Neymar afirmou que o filho estava sendo filmado quando foi para o segundo encontro no hotel da mulher. "O celular parecia estar de pé, como se estivesse carregando. Ele viu que estava filmando e aí pediu para ela ir embora. Ele emitiu a passagem de volta dela", afirmou, dizendo que a mulher partiu para cima do jogador. "O Neymar até tenta filmar, tenta gravar, mas ele erra. Coloca no bolso e não consegue", completou ao explicar que seu filhou tentou se defender.

Publicações recentes

Deixe um comentário

Reportagens recentes:
Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2019 | Desenvolvido por Junior Pacheco