Menu Mobile 1

Menu Horizontal Fixo

Menu Horizontal Relativo

Neymar é cortado da seleção por não conseguir se recuperar de lesão

06/06/2019

Por conta de não conseguir se recuperar da ruptura ligamentar no tornozelo direito durante a partida contra o Qatar, na última quarta-feira (5), em Brasília, onde a seleção brasileira venceu por 2 x 0, o atacante Neymar foi cortado do grupo de jogadores que disputará a Copa América. 
O fato acontece durante a polêmica que envolve o jogador num caso de acusação de estupro. Ainda durante a partida no Mané Garrincha, o camisa 10 foi levado para hospital no Distrito Federal, onde realizou exames de ressonância que identificaram a lesão. O presidente Jair Bolsonaro chegou a sair do estádio e ir ao local para cumprimentar o jogador e desejar pronta recuperação, o que não aconteceu. Coube ao médico da seleção, Rodrigo Lasmar, dar o diagnóstico para a comissão técnica. Antes mesmo do resultado, o clima no hotel onde a seleção está hospedada era de pessimismo. Pessoas que viram o jogador logo depois da torção ficaram surpresas com o tamanho do inchaço no local. Neymar sequer conseguiu colocar o pé direito no chão e teve de chegar carregado por membros da comissão técnica até o quarto. 

A comissão técnica do Brasil deverá estudar um nome para ser o substituto. Vinicius Júnior, do Real Madrid, é um dos bem cotados para ser chamado, por atuar na mesma posição que Neymar e ter sido convocado por Tite para os amistosos antes da Copa América. Ainda não há previsão de quando Neymar deverá deixar a delegação em Brasília. Edu Gaspar, coordenador das seleções, na coletiva depois do jogo contra o Qatar, afirmou que ele está liberado para prestar depoimento a respeito do caso em que divulgou imagens íntimas de Najila Trindade, mulher que o acusa de estupro. Neymar passará a noite em Brasília e pela manhã deverá deixar o hotel ao lado do pai, Neymar Santos.

Publicações recentes

Deixe um comentário

Reportagens recentes:
Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2019 | Desenvolvido por Junior Pacheco