Menu Mobile 1

Menu Horizontal Fixo

Menu Horizontal Relativo

Entrevista com Gislene Barbosa, candidata ao Conselho Tutelar em Irecê

14/09/2019



CANDIDATA: Gislene Barbosa de Souza
Atualmente exerce a profissão de serviços gerais em uma escola municipal, onde trabalha há três anos. Tem dois filhos, reside no bairro Ieda 3 e gosta muito de crianças.

Por que decidiu disputar a vaga de Conselheiro Titular?

GB: O interesse surgiu mediante a oportunidade de trabalhar junto ao município no cuidado e proteção das nossas crianças e adolescentes. Trabalho atualmente como faxineira de uma escola Municipal e vejo a carência de algumas crianças.

Qual sua proposta para o melhor desempenho da atribuição caso seja eleito?

GB: Buscar estar atenta às necessidades das crianças e adolescentes, buscando resolver no alcance de conselheira tutelar os problemas em relação às crianças e adolescentes, fornecendo apoio necessário para cada situação.

Como tem sido a divulgação e campanha para conseguir apoios?

GB: Procuro divulgar em redes sociais e também na comunidade, indo nas casas e falando do meu interesse é proposta de trabalho para atuar como conselheira e zelar pelas crianças e adolescentes.

Já fez parte de algum projeto voltado aos direitos da Criança e do Adolescente antes de concorrer ao pleito?

GB:Não

Em sua opinião, quais os maiores obstáculos para o não cumprimento das leis de proteção Criança e do Adolescente (ECA) e quais são as medidas que deverão ser tomadas para que haja o cumprimento?

GB: Seria a identificação dos casos de violência contra as crianças ou adolescentes, da ocorrência de denúncias para que o Conselho possa atuar. Seria necessário consciencializar e orientar a população na defesa das crianças e adolescentes, para que a comunidade também ajude na proteção das nossas crianças juntamente com o Conselho tutelar.

Por que a população deve votar em você para Conselheiro Tutelar?

GB: Sou uma mulher trabalhadora e batalhadora, e buscarei exercer a função de conselheira tutelar com qualidade para que os direitos das crianças e adolescentes sejam preservados na nossa cidade.

De acordo com sua opinião, o Conselho Tutelar deve realizar a fiscalização de bailes e boates?

GB:Acredito que a função do Conselho tutelar é atuar na resolução dos problemas com as crianças e adolescentes mediante, orientações a famíliares, seus tutores e a criança ou adolescentes, acompanhar os casos e cuidar para que seus direitos sejam garantidos. Procurar realizar natividades preventivas junto a comunidade para que as crianças não sejam vítimas de mais tratos ou outros problemas. Mas fiscalizar boates e bailes não seria a prioridade do Conselho.

Como o conselho deve agir caso crianças e adolescentes sejam encontradas consumindo bebidas alcoólicas?

GB: As crianças e adolescentes devem ser encaminhadas aos pais e responsáveis, e deve se orientar eles sobre o ocorrido. Ver a situação em que encontra a família onde a criança esta inserida, se existe vulnerabilidade, ou descasos no seu cuidados, e atuar em cima dessas situações.

Como o conselho deve atuar com crianças e adolescente em questões de vulnerabilidade e risco?

GB: O Conselho deve buscar os responsáveis da criança ou adolescente, investigar as situações de vida dessa criança ou adolescente, condições de moradia, saúde, educação, alimentação e buscar realizar medidas de proteção a essa criança e sua família. Dar apoio, acompanhamento e encaminhar a algum serviço para família e criança se necessário.

Como proceder quando o município não disponibiliza meios de transporte para que o Conselho Tutelar efetue diligências em locais distantes?

GB: Informar a necessidade do veículo para que o Conselho possa atuar de forma eficaz aos governantes, e continuar solicitando um veículo.

Em quais circunstâncias a população deve acionar o conselho tutelar?

GB: Sempre que os direitos da criança forem violados. Denúncias de maus tratos, trabalho infantil, abandono, crianças que não vão a escola, que sofrem algum tipo de violência.

Quais são as ações que o Conselho Tutelar deve tomar para ajudar a família a superar a situação de risco ou dificuldade?

GB: Buscar medidas que forneçam apoio a essa família e garantam melhores condições. Buscar apoio em situação de necessidades de saúde, de educação da criança, inserir em programas que apoiam a família se possível.

De que forma o conselho tutelar pode atuar preventivamente?

GB: Realizar ações com a comunidade, nas escolas e bairros. Como palestras sobre os direitos e proteção à criança.

Qual sua opinião sobre a introdução do ensino sexual e ideologia de gênero nos livros escolares?

GB: A educação sexual de crianças e adolescentes fazem parte do seu desenvolvimento. Deve ser aplicado a elas ensinamentos de acordo a sua idade para que elas possam crescer e desenvolver adequadamente sua sexualidade. É importante também que a educação sexual seja voltada a prevenção de abusos, onde as crianças sejam orientadas do funcionamento do seu corpo, e que somente elas podem tocar nele, para que elas entendam que determinadas situações de violência sexual não são brincadeiras e que elas possam contar a alguém que as ajude.

Qual sua opinião a respeito da redução da maior idade?

GB: Não sou a favor. Porque acredito que eles estão em fase de desenvolvimento, e estão mais vulneráveis a qualquer situação, então por muitas vezes fica mas fácil que eles sejam induzidos a fazerem coisa erradas. E quando estão de maior já estão mas ciente sde suas atitudes.

É contra a pedofilia ou acha que há casos excepcionais que crianças podem praticar vida sexual por consentimento?

GB: Crianças não possuem capacidade ainda para decidir o que querem, principalmente com relação a praticar vida sexual. Principalmente se for com outro adulto, o que se configura estupro de vulnerável uma pessoa maior de idade realizar atividade sexual com criança menor de 14 anos, mesmo que a criança queira, pois uma criança ainda não tem sua maturidade nem seu corpo totalmente desenvolvidos para ter certeza das sua decisões. As crianças devem estudar, brincar e terem uma vida saudável.

Como o conselho tutelar deve agir em casos de denúncias de trabalho infantil?

GB: Buscar os responsáveis e averiguar a realização do trabalho infantil, para que se possa proteger essa criança.


Como o conselho tutelar deve reagir em caso de denúncias de maus tratos?

GB: Averiguar a denúncia e realizar ações para proteção da criança, para que ela não sofra mais de maus tratos. Solicitar aos responsáveis esclarecimentos e encaminhar a criança para um abrigo protetivo.

Como o conselho tutelar deve agir em caso de consumo de drogas por crianças e adolescentes?

GB: Os responsáveis devem ser notificados, e as crianças ou adolescentes encaminhadas para serviços de apoio à crianças e adolescentes no uso de álcool e drogas, acompanhar está criança e família e orientar

Qual sua opinião sobre o ensino religioso a criança e adolescentes nas escolas?

GB: Existe uma diversidade de religiões e todas devem ser respeitadas. O ensino religioso caberia aos pais de acordo com suas religiões e princípios

Publicações recentes

Deixe um comentário

Reportagens recentes:
Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2019 | Desenvolvido por Junior Pacheco