Menu Mobile 1

Menu Horizontal Fixo

Menu Horizontal Relativo

Tragédia em Lapão: Fisioterapeuta confessa que mandou matar jovem desaparecida

27/11/2019

ATUALIZAÇÃO:
O fisioterapeuta Alfredo Victor de Oliveira Mattos confessou, em depoimento à polícia ontem à noite, que é o mandante do assassinato da jovem Rafaela Gomes de Souza. Como já não cabia a prisão em flagrante delito, e a confissão só ocorreu já no período da noite, a Prisão Preventiva do indivíduo só foi ordenada no dia de hoje - quando o criminoso já havia e evadido. A polícia está à sua procura.

-------

Um desfecho triste e que causou grande comoção. A jovem Rafaela Gomes de Souza, 27 anos, moradora da comunidade de Vila Castro, município de Lapão, na região de Irecê, estava desaparecida desde o último dia 21.

Filha única, a jovem foi vista pela última vez quando saiu de casa após receber um telefonema. Ela vinha acompanhando a avó nos cuidados médicos com o fisioterapeuta, pois a mesma encontra-se acamada.

Logo após receber um telefonema, a jovem saiu e não foi mais vista. A família iniciou as buscas, mas até o momento não se sabe o paradeiro da jovem.

A Polícia Civil, sob o comando dos delegados Geraldo Vila Boim e Almir Fernandes e equipe acompanharam o caso, mas ainda não se manifestou oficialmente aos veículos de imprensa.

Há neste momento um grande número de pessoas na porta da delegacia, aguardando informações e o desfecho do caso.

Informações preliminares apontam que o fisioterapeuta confessou ser o autor intelectual do crime e que o executor seria um ex-presidiário e funcionário público chamado Erito Dias. Segundo informações apuradas até o momento, a polícia começou a traçar uma linha de investigação de que a jovem teve uma relacionamento  com um homem de Lapão, o fisioterapeuta Alfredo Victor de Oliveira Mattos, apontado como o principal suspeito de ser o mandante do crime.

As primeiras informações dão conta que o fisioterapeuta cuidava da avó da jovem há mais de um ano, quando acabaram mantendo um relacionamento. Em depoimento, ele alegou que havia contratado um homem chamado Erito Dias, conhecido como 'Rato', que já tem diversas passagens pela polícia.

A polícia acredita que o fisioterapeuta premeditou o crime e atraiu a vítima para a emboscada. O suspeito é bastante conhecido no meio social do município de Lapão e é casado com uma advogada.

O corpo ainda não foi localizado, mas há uma suspeita de que tenha sido ocultado na cidade de Presidente Dutra.

Publicações recentes

Deixe um comentário

Reportagens recentes:
Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2019 | Desenvolvido por Junior Pacheco