Menu Mobile 1

Menu Horizontal Fixo

Menu Horizontal Relativo

Atrasos em salários e descontos de 50% em Itaguaçu da Bahia, geram denúncias nas redes sociais

06/12/2019

 

Ausência de pagamento aos servidores, por parte da Prefeitura de Itaguaçu da Bahia, foi o motivo de uma postagem nas redes sociais, que está gerando bastante repercussão e expondo o nível de planejamento da execução financeira do atual governo municipal. Um banner postado na página pessoal do advogado Elivaldo Peregrino, no dia 29 de novembro, às 12h49, gerou debates depreciativos contra a gestão do prefeito Ivan Tiburtino Oliveira, 41 anos, que estaria pagando aos servidores, metade do que deveriam receber. De acordo com a postagem, a prefeitura paga aos servidores do município a metade do Salário Mínimo legal. “Black Fiday - Prefeitura de Itaguaçu – Salários pagos com 50% de desconto...”, destaca a publicação, reforçando que “está na Constituição: nenhum trabalhador pode receber abaixo de um Salário Mínimo por mês. Art. 7º IV CF/88” e vai com a assinatura: Dr. Elivaldo Peregrino. Pelos debates ocorridos na postagem, tem sido rotineiros os pagamentos a menor e atrasos, com sério desconforto aos servidores que não conseguem planejar sua rotina financeira. Denise Lima, que também aparece em sua página como servidora da prefeitura, comenta: “sem contar com os atrasos rotineiros nos Salários dos efetivos. Temos contas a pagar e por conta da falta de respeito e responsabilidade do Sr. prefeito, pagamos mensalmente juros absurdos”. Residindo em outro estado, mas com familiares ainda em Itaguaçu, sua terra natal, Erick Souza ressalta que “em almas eu conheço pessoas que trabalha com o abastecimento de água, que dividem 998 reais para duas famílias, que tem mais de 4 pessoas dentro de casa. Uma falta de vergonha. E ainda atrasam (este) mísero salário. Que falta de respeito com as pessoas”. A postagem conta com aproximadamente 60 comentários, nenhum defendendo a gestão do prefeito Ivan Tiburtino. A redação do Cultura&Realidade tentou falar com a tesouraria da prefeitura, para comentar a denúncia, mas não atenderam. No contato com o secretário de governo, José Edson, ele disse que somente o prefeito poderia falar sobre o assunto. “Quem pode falar sobre isso é o prefeito. Não acredito que isso esteja ocorrendo... é questão política”. Perguntado sobre a situação de Elivaldo, que se apresenta como assessor jurídico do município, ele disse que não sabia informar, apenas o prefeito. A redação ligou para o prefeito na tarde desta sexta-feira, 6, por duas vezes, a primeira chamada se esgotou sem atendimento e a segunda caiu direto em caixa. Na mesma postagem Elivaldo debate com os internautas e chama a atenção para o fato de que “a questão principal é a carência do nosso município. Não se cria meios para geração de emprego e renda, aí, a única forma dessas pessoas se manterem é se submeter a esse tipo de emprego. Itaguaçu é um município essencialmente agrícola, mas não tem nenhum projeto de agricultura... alguém sabe quem é o secretário de agricultura?”, justifica e indaga o advogado.

 


Fonte: Cultura e realidade




Publicações recentes

Deixe um comentário

Reportagens recentes:
Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2019 | Desenvolvido por Junior Pacheco