Menu Mobile 1

Menu Horizontal Fixo

Menu Horizontal Relativo

Morte de ex-vice-prefeito de Ourolândia entra na mira da Lava Jato

07/01/2020

 
A força-tarefa da Lava Jato do Paraná está investigando o assassinato do ex-vice-prefeito de Ourolândia, José Roberto Soares Vieira, de 47 anos, que aconteceu na Bahia em janeiro de 2018. As informações são da revista Época. “Roberto do PT”, como era conhecido, foi morto com nove tiros em Candeias, na região metropolitana de Salvador, depois de ajudar os investigadores da operação a rastrear pagamentos de propina ao ex-gerente da Petrobras José Antônio de Jesus, de quem foi sócio. Em depoimento em novembro de 2017, Roberto contou à Polícia Federal que se desentendeu com seu sócio porque ele usava a empresa deles para receber pagamentos de terceiros, inclusive de subsidiárias da Petrobras, sem que os serviços fossem prestados. Um dos inquéritos que apuram o assassinato foi arquivado no segundo semestre do ano passado porque um outro procedimento já investigava a morte. O objetivo é saber se a morte é retaliação à sua colaboração com as investigações da Lava Jato. Na época do crime, o então juiz Sérgio Moro chegou a cobrar publicamente investigações para elucidar o homicídio. 


Com informações do Bahia Notícias.




Publicações recentes

Deixe um comentário

Reportagens recentes:
Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2019 | Desenvolvido por Junior Pacheco