Menu Mobile 1

Menu Horizontal Fixo

Menu Horizontal Relativo

Governador Rui Costa adota novas medidas para o coronavírus

18/03/2020

O governador Rui Costa conversou com prefeitos baianos sobre coronavirus em reunião por videoconferência, na tarde desta quarta-feira (18). Participaram da videoconferência os secretários da Saúde, Fábio Vilas-Boas, e da Educação, Jerônimo Rodrigues. 

Sobre pacientes graves que podem precisar de ventilação artificial nos próximos dias, Rui informou que o Governo do Estado está providenciando transferir estes possíveis pacientes para os hospitais estaduais. “Hoje de manhã eu visitei o Hospital Espanhol, vamos fazer uma intervenção física para em poucos dias termos 80 leitos de UTI e mais 80 de apartamentos. Eles vão se somar aos leitos do Couto Maia, Otávio Mangabeira, HGE, entre outros, para tratar do coronavírus. Recebemos inclusive a oferta para o uso de UTIs da rede privada, mediante pagamento do Estado”. 



*Realização de exames*

Quanto à realização de exames, o governador Rui Costa e o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas explicaram que todos os dias a fila de exames é zerada. “O Lacen foi submetido a um processo de ampliação e capacitação, passamos a funcionar 24 horas por dia, inclusive sábado e domingo, os funcionários aprenderam a lançar os resultados no Sistema Nacional”. Vilas-Boas afirmou que está sendo realizado um mutirão para que os exames que já foram feitos sejam lançados neste sistema. “Hoje nós já temos uma média de 200 exames por turno de trabalho, mas a tendência é que este número aumente”. 

Rui também defendeu a manutenção do funcionamento das Policlínicas Regionais de Saúde neste momento. “As policlínicas prestam serviços essenciais e precisam funcionar. Nós pedimos que a Policlínica de Feira de Santana suspenda as atividades, já que lá foram registrados casos do coronavírus, e solicitamos também que o microônibus que leva os pacientes para a policlínica suspenda a viagem entre Teixeira de Freitas e Prado, onde também houve um caso”. 

*Terminal Bom Despacho*

Durante a live, o governador informou ainda que está proibida a saída e chegada de ônibus do Terminal de Bom Despacho (município de Itaparica) para qualquer cidade da Bahia. Medida começa a valer à 0h da próxima sexta-feira (20).

*Feiras livres e mercados*

Um dos assuntos que preocupam os prefeitos é o funcionamento dos mercados e feiras livres no interior do estado. O governador destacou que não há necessidade, neste momento, de se determinar o fechamento, nos municípios, de mercados e feiras livres. “É um lugar de abastecimento, onde as pessoas vão comprar comida. Pode ser que mais para frente isso seja necessário, mas, por enquanto, não é”. 


*Queda da arrecadação*

Outra questão levantada pelos prefeitos foi a queda da arrecadação municipal. O governador destacou que a arrecadação do Estado também vai cair com o crescimento do coronavírus. “Eu devo atualizar essa semana os dados dos pagamentos dos Postos de Saúde da Família e do Samu, para manter tudo em dia”. Segundo Rui, os governadores do Brasil mantêm um grupo de trabalho e discussão. “Este grupo enviou ao Governo Federal, que reúne sozinho 70% da arrecadação do País, um documento solicitando recursos para as áreas de saúde e assistência social, para ajudar as famílias mais pobres que não vão poder trabalhar. O que o Governo do Estado está fazendo agora é investindo na compra de itens necessários para uso nos hospitais e que serão enviados para os municípios”. 

Outra recomendação do governador foi que os municípios que tiverem recursos para merenda peçam a fiscalização do Ministério Público e usem esses recursos para a compra de cestas básicas, que devem ser distribuídas para a população. Sobre os festejos juninos, Rui Costa afirmou que ainda é cedo para decidir o que será feito. “No momento certo, vamos tomar uma decisão conjunta com os prefeitos”. 

*Vacinação contra o H1N1*

O governador destacou que o vírus H1N1 também é perigoso e que a vacinação contra ele começa na segunda-feira (23). “Todos os municípios já receberam as vacinas contra o H1N1, a vacinação começa na segunda-feira (23) para as gestantes, depois será a vez dos idosos, seguidos de quem tem diabetes e, por último, o público em geral”.

Publicações recentes

Deixe um comentário

Reportagens recentes:
Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2020 | Desenvolvido por Junior Pacheco