COVID-19
Ouça nossas rádios
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar

Ouça essa matéria

39 lotes serão preparados para ocupação no Baixio de Irecê após testes em equipamentos pela Codevasf

06/04/2020

O governo federal, por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), intensifica as ações para ocupação de lotes do Projeto Público de Irrigação Baixio de Irecê, localizado entre os municípios baianos de Xique-Xique e Itaguaçu da Bahia. 
A empresa realizou, no último mês de março, testes de pressurização da água em áreas da Etapa 1 do projeto. O objetivo é liberar no segundo semestre deste ano a ocupação de 39 lotes de cerca de 30 hectares destinados a médios produtores, totalizando 1,1 mil ha de área irrigada. Os primeiros contratos de concessão que autorizam a ocupação e a irrigação dos lotes foram assinados no final de 2019. “Por meio do Projeto Baixio de Irecê, a Codevasf irá alavancar o desenvolvimento do Médio São Francisco. Os recursos investidos nesse empreendimento trarão inúmeros benefícios para a população. Ao todo, vamos executar neste ano cerca de R$ 22,7 milhões no projeto, oriundos da Lei Orçamentária Anual e Termo de Execução Descentralizada”, afirma o presidente da Companhia, Marcelo Moreira. Os testes foram realizados nos conjuntos de motobombas da Estação de Bombeamento – EBA 5 e na rede de adutora do setor 3, da Etapa 1 do projeto. De acordo com Frederico Araújo Rodrigues, gerente de Implantação de Obras da Codevasf, os testes foram favoráveis. “Foi executada a montagem eletromecânica da EBA – 5 que levará água pressurizada aos lotes por meio de adutoras. 

A avaliação da estrutura em funcionamento foi positiva”, explica. Com a conclusão dessa fase da obra, a previsão é que a ocupação dos lotes do setor 3, da Etapa 1, ocorra em outubro deste ano. A Superintendência Regional da Codevasf em Bom Jesus da Lapa iniciou a convocação dos irrigantes selecionados para assinarem o contrato de Concessão de Direito Real de Uso (CDRU) e liberação dos lotes para as atividades produtivas. “Possibilitar a expansão da agricultura irrigada, tornar as terras produtivas em áreas tradicionalmente carentes de água no semiárido e incentivar a produção agrícola são ações que realmente transformam vidas e a realidade de uma região com possiblidades reais de desenvolvimento”, avalia Sérgio Luiz Soares de Souza Costa, diretor da Área de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura da Codevasf. 

Em implantação 

O Projeto Público de Irrigação Baixio de Irecê, localizado no Médio São Francisco, tem uma expectativa de beneficiar uma população de cerca de 249 mil pessoas e a geração de aproximadamente 59 mil empregos diretos e 118 mil empregos indiretos. A implantação das obras do projeto está prevista para execução em nove etapas, totalizando uma área de 48,2 mil ha, sendo que estão em fase de execução as Etapa 1 e 2, totalizando 42,2 km de canal já construído e uma área de 16,4 mil ha de área irrigada. Já foram investidos pelo governo federal, por meio da Codevasf, cerca de R$ 968,4 milhões para aquisição de terras, obras nas etapas 1 e 2 e manutenção do projeto. Em dezembro de 2019, foram descentralizados para Codevasf R$ 16,2 milhões de recurso extraparlamentar proveniente de Termo de Execução Descentralizada, proveniente da Secretária Nacional de Desenvolvimento Regional e Urbano, do Ministério do Desenvolvimento Regional, para pavimentação asfáltica da estrada que dá acesso Projeto Baixio de Irecê. 

A obra será executada por meio de convênio com o munícipio de Itaguaçu da Bahia. “O Projeto Baixio de Irecê irá mudar o retrato da economia local dos municípios da região de Xique Xique, Itaguaçú da Bahia e Irecê. A agricultura irrigada é um instrumento eficiente no aumento da produtividade e vem concretizar um sonho de décadas da população desses municípios. É geração de renda, muito emprego e a Codevasf cumprindo seu papel de levar desenvolvimento com sustentabilidade ao vale do São Francisco”, explica Harley Xavier Nascimento, superintendente regional da Codevasf em Bom Jesus da Lapa. A produção estimada anual no projeto nas Etapas 1 e 2 é de aproximadamente 16 mil toneladas de frutas e 83 mil toneladas de grãos, gerando 4 mil empregos diretos e 16 mil indiretos. A exploração agrícola nessas etapas deverá se concentrar na fruticultura nos lotes de pequenos e médios produtores, em especial na cultura de banana, mamão, goiaba, melão e limão. Nos lotes empresariais, a perspectiva é de produção de grãos, como soja, milho, sorgo e feijão, além de algodão. 

Visita técnica 

Os representantes do grupo Irriga Bahia, responsável pela futura administração, operação e manutenção do Baixio de Irecê visitaram, no mês de março, o município de Bom Jesus da Lapa e cidades vizinhas para troca de experiências, principalmente com a equipe do Distrito Irrigado Formoso, responsável pelas mesmas atribuições relacionadas ao perímetro irrigado Formoso. 

Para entender o funcionamento de um distrito irrigado, foram realizadas palestra sobre administração, operação e manutenção do perímetro de irrigação, além de noções de hidrometria. O grupo também visitou infraestruturas de uso comum do perímetro irrigado, lote com produção de banana, limão e pokan e uma umpacking housede processamento de mamão. 

Fonte: Ascom /Codevasf

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco