COVID-19
Ouça nossas rádios
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar

Ouça essa matéria

Em meio a contenção de gastos no país, STF estuda gatar R$ 1,8 milhão em cortinas elétricas

09/04/2020

 
A compra de cortinas elétricas para a o edfício sede do Supremo Tribunal Federal tramita na Corte. Caso aprovado, a instituição gastará, específicamente, R$ 1.793.432,00 com o equipamento e a instalação. A compra das cortinas está em fase de licitação, que exige dois tipos do equipamento: de tela solar, que custa R$ 678 o metro, e de blecaute, que fica por R$ 620 o metro. Além disso, são necessários 45 controles de 4/5 canais, que custam R$ 499 cada, e mais sete controles de 16/20 canais, que custam R$ 1.573 cada. O prazo para as empresas apresentarem as propostas encerra no dia 23 de abril. Segundo o edital, os gastos já estão previstos no Orçamento Geral da União. Em nota enviada à CNN, o órgão afirma que a aquisição do material é destinada à conclusão da obra de restauração das esquadrias e dos vidros do edifício-sede, “cujo planejamento e início de execução foram amplamente divulgados em 2019”, afirmou o órgão.



Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco