COVID-19
Ouça nossas rádios
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar

Ouça essa matéria

Fátima Bernardes defende a legalização das drogas e se diz a favor do aborto

21/06/2020

A jornalista Fátima Bernardes concedeu uma entrevista para a Revista Veja e abriu o jogo sobre algumas questões ainda vistas como "polêmicas". A apresentadora do "Encontro" afirmou que nunca experimentou qualquer tipo de droga, mas defendeu o direito de escolha das pessoas.

"É um assunto com prós e contras, mas sou a favor da legalização. Além de frear o tráfico e diminuir a violência, facilitaria o uso medicinal da maconha, um tema que enfrenta preconceito. Eu sou bem careta. Nunca experimentei droga. Nunca tomei um copo de chope na vida. No máximo bebo um pouquinho de vinho socialmente. Mas acredito firmemente no direito de escolha das pessoas para sua própria vida", reforçou.

Quando a cantora Ludmilla esteve em seu programa e cantou a música "Verdinha" - que faz referências ao uso de maconha -, a classificação etária mudou para 10 anos. Sobre isso, foi sincera: "Nunca exibi cenas impróprias nem estimulei o consumo de álcool ou drogas. Quando abordo temas sensíveis, é sempre com muita responsabilidade. Não acho que uma música como aquela vai estimular qualquer coisa e não me arrependo de tê-la apresentado", admitiu.

Em relação ao aborto, a global disse que não faria, mas destacou o direito da escolha. "Sou, pelo mesmo motivo. Pessoalmente, com a estrutura que sempre tive em família, não faria. Mas ninguém tem o direito de decidir sobre as opções do outro".


Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco