COVID-19
Ouça nossas rádios
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar

Ouça essa matéria

Ibititá: Esposa de pré-candidato à prefeito é acusada de solicitar auxilio emergencial do Governo Federal; Ela nega a solicitação e devolve o valor aos cofres públicos

10/06/2020


As redes sociais tem sido terreno fértil para a disseminação de fake news e com as proximidades das eleições e o clima acalorado, tornam-se ainda mais recorrentes esses episódios. A vítima, dessa vez, foi a advogada, Clarissa Christinne Mendonça Dourado Bastos, esposa do pré-candidato à prefeito do município de Ibititá, Afonso Mendonça. 

Embora seja de uma família tradicional e com condições financeiras bastante satisfatórias, a advogada foi acusada nas redes sociais de ter solicitado o auxilio emergencial do governo.

O Auxílio Emergencial é um benefício financeiro concedido pelo Governo Federal destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus - COVID 19.

Através das redes sociais, a esposa do pré-candidato, negou que tenha solicitado e devolveu o valor aos cofres públicos. 



Nota de Esclarecimento 

Sou Clarissa Christinne Mendonça Dourado Bastos, advogada e esposa de Afonso Mendonça, pré-candidato a prefeito de Ibititá. Na noite de ontem (09/06) não apenas tive a minha privacidade exposta, como fui obrigada a ver minha idoneidade colocada à prova. Tentativa que certamente não sustentaria vide a integridade de minhas raízes familiares, essa que é de conhecimento de muitos, essas que constituíram a mulher que sou. 

Contudo, o referido ataque, esse advindo de aliados do atual gestor de Ibititá, mostrou-me a que ponto os mesmos são capazes de chegar e do quão vil eles são em essência. E por entender que a honestidade é o único caminho louvável na vida do ser humano, venho aqui trazer à luz a verdade dos fatos, reiterando que:

1º Nunca solicitei o auxilio emergencial do Governo Federal;

2º Assim que tomei conhecimento do ocorrido, o valor foi de imediato devolvido aos cofres públicos.

Ambas minhas afirmações podem ser comprovadas através de documentos, os quais se encontram anexados a essa publicação. 

Por fim, acredito que acima de todas as coisas há um Deus que tudo vê e por isso sigo tranquila, sabendo que ao final de tudo ele em sua sabedoria irá separar o joio do trigo.

Ibititá, 10 de junho de 2020.



Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco