COVID-19
Ouça nossas rádios
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar

Ouça essa matéria

Região de Irecê tem 2584 casos de transmissão pelo mosquito Aedes aegypti em 2020

04/06/2020

Segundo o levantamento do boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB), contabiliza neste ano, na região de Irecê, 2584 casos de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

No total são: 1178 casos de dengue, 1401 casos de Chikungunya e 05 casos de zica. Na região, seis municípios vivem em nível de epidemia para a dengue há pelo menos um mês, América Dourada, Barro Alto, Ibititá, Iraquara, Irecê e Uibaí. O balanço considera casos notificados até o dia 14 de maio.

Dengue

Febre alta, e prostração (um cansaço generalizado). A dor no corpo é conhecida como quebra-ossos, porque se espalha e o paciente não consegue apontar onde está doendo. Vermelhidão no corpo com coceira pode ocorrer, mas a partir do terceiro dia.

Chikungunya


Febre alta. A dor é súbita, intensa e chega a ser incapacitante, impedindo a pessoa de realizar suas atividades comuns do dia a dia. A dor se concentra nas articulações e pode ocorrer rigidez matinal (principalmente nas mãos). A vermelhidão surge a partir do 4º dia e, diferente das demais, pode causar aftas.

Zika


Vermelhidão e coceira desde o primeiro dia. A febre, quando aparece, é baixa e a dor é mais leve e moderada.


Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco