COVID-19
Ouça nossas rádios
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar

Ouça essa matéria

DESEMBARGADOR QUE HUMILHOU GUARDA PEDE DESCULPAS EM NOTA

24/07/2020




O desembargador Eduardo Siqueira, no último sábado (18), ofendeu um guarda municipal por tê-lo abordado cobrando o uso de máscara contra a pandemia de Covid-19. O vídeo da cena viralizou na internet e o Siqueira acabou divulgando nota pedindo desculpas ao agente e afirmando que se exaltou de forma desmedida.

O caso ocorreu em Santos, no litoral de São Paulo, onde andar sem máscara rende multa de R$ 100. Siqueira diz que sua reação teve como pano de fundo a indignação com confusões normativas e edição de decretos municipais que contrariam a legislação federal, além de abordagens anteriores agressivas.

Siqueira destacou, porém, que a ação do guarda Cícero Hilário Roza Neto foi “irrepreensível” e que ele apenas cumpria ordens.
                                   Guardas humilhados por desembargador ganham medalha

Os dois guardas municipais de Santos – Cícero Hilário (36 anos) e Roberto Guilhermino (41 anos) – que foram humilhados pelo desembargador Eduardo Siqueira ao darem orientação sobre o uso obrigatório de máscara na praia de Santos, litoral paulista, foram homenageados pelo prefeito da cidade, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), na tarde desta segunda-feira (20), e receberam medalhas por conduta exemplar.

A homenagem aos GCMs aconteceu às 17h, no Salão Nobre do Palácio José Bonifácio, com número restrito de pessoas, devido à pandemia da Covid-19. De acordo com a prefeitura, a ação foi realizada em reconhecimento aos serviços prestados pelos guardas à sociedade, durante a ocorrência que ganhou repercussão nacional, de abordagem ao magistrado.

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco