COVID-19
Ouça nossas rádios
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar

Ouça essa matéria

Irecê: Abordagens da PM nas ruas durante restrição de locomoção serão educativas e não repressivas, diz comandante da PM

14/07/2020




Durante o período de restrição de locomoção noturna em Irecê (13 a 19 de julho), a Polícia Militar vai apoiar as ações da prefeitura, atuando com abordagens educativas e não repressivas, no sentido de conscientizar a todos sobre o momento que estamos passando e importância de se respeitar as determinações. O relato foi feito ontem, segunda-feira (13), pelo comandante do 7º Batalhão da Polícia Militar de Irecê, capitão PM Carlos Augusto, em entrevista a uma rádio local.

RECOMENDAÇÃO

O comandante reforçou que todo cuidado se faz mais necessário e recomendou aos profissionais que atuam com o serviço delivery a partir das 18 horas – horário que inicia a restrição de locomoção - que usem crachás de identificação para facilitar a ação dos PMs nas ruas. A mesma recomendação vale para os funcionários que saírem da empresa após as 18h. “Somente em casos extremos, quando pessoas insistirem no desrespeito ao decreto, é que teremos de conduzir para a delegacia”, avisou.

ATUAÇÃO EM OUTRAS CIDADES

Ainda segundo o capitão PM Carlos Augusto, além de Irecê, as guarnições estão atuando também em João Dourado, América Dourada e Gentio do Ouro, municípios que também seguem o que estabelece no decreto do governador Rui Costa. “Em Gentio do Ouro, enviamos um efetivo na sexta-feira e lá, a população também está colaborando bastante”, explicou.

CASOS EM ASCENÇÃO

O secretário de governo da Prefeitura de Irecê, Jazon Jr. Também pontuou a importância das medidas mais restritivas. “O decreto do governador vem em um momento em que o casos estão numa ascensão muito grande, e a tentativa é diminuir a velocidade da curva de contaminação”, relatou.

“O desafio é grande. Essa medidas que estamos tomando não são fáceis, mas necessária pelo bem de todos nós. E a gente apela para a consciência e apoio da população no respeito e cumprimento do que é estabelecido, porque, sem esse apoio a gente não vai conseguir. Evitem aglomerações, façam a higienização correta das mãos com álcool em gel ou água e sabão, usem máscaras”, aconselhou o secretário.



FONTE: IRECÊ REPÓRTER

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco