COVID-19
Ouça nossas rádios
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar

Ouça essa matéria

Uma boa ação: Em quarentena, enfermeiro de Irecê deixa recado no lixo para alertar coletores: 'Lixo produzido por pessoas positivas para a Covid-19'

04/07/2020



Mesmo em momento de grande dificuldade, uma família de Itapicuru, distrito de Irecê, centro norte da Bahia, decidiu pensar no próximo. Contaminada com coronavírus e em isolamento social há pouco mais de uma semana, o enfermeiro Túlio Barbosa, de 31 anos, decidiu deixar bilhetes no lixo para que os coletores tomassem o devido cuidado no manuseio das sacolas e evitassem uma possível contaminação.

“A ideia foi de Túlio, mais pensando em pessoas que trabalham com reciclagem e os coletores de lixo. Por conta de essas pessoas que procuram material reciclável, geralmente serem desinformadas, e muitas não terem outro meio de vida. Na nossa comunidade rural não é muito comum isso, mas ele quis deixar uma mensagem para poder inspirar outras pessoas que moram no centro urbano a fazerem o mesmo. A gente não esperava a repercussão”, contou a esposa de Túlio, Queilane Vieira.

Os pais de Túlio não moram com o enfermeiro, mas também foram contaminados pelo coronavírus. O pai precisou ser internado para receber atendimento hospitalar. Diabético, o senhor de 54 anos realizou um teste no último dia 22, mas o resultado não apontou o coronavírus. Cinco dias depois, o quadro piorou, com tosse e falta de ar. Um novo exame foi realizado e comprovou a presença da Covid-19.

Segundo dados da Secretaria de Saúde, Irecê registra 138 casos confirmados de coronavírus, dos quais 57 são considerados ativos.

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco