COVID-19

Ouça essa matéria

Mais de 107 mil pessoas devolveram auxílio emergencial recebido de forma indevida

10/08/2020

O Ministério da Cidadania afirmou já ter recebido de volta cerca de R$ 100 milhões, devolvidos por mais de 107 mil pessoas que receberam indevidamente o auxílio emergencial pago durante a pandemia da Covid-19.

De acordo com a pasta, as pessoas emitiram Guias de Recolhimento da União (GRU) para devolver a quantia, sendo que 81,7 mil devoluções foram feitas por civis, enquanto 25,9 mil foram de militares.

Como devolver o dinheiro
A devolução dos valores recebidos indevidamente pode ser feita pelo site do próprio ministério, na seção do auxílio, bastando que o beneficiário informe o número do CPF e a data de nascimento. Após isso, será preciso selecionar a opção de pagamento da GRU: “Banco do Brasil” ou “qualquer Banco”.

Para pagamento no Banco do Brasil, basta marcar a opção “Não sou um robô” e clicar no botão “Emitir GRU”. Já para pagamento em qualquer banco, é necessário informar o endereço do beneficiário e seguir as indicações.

O sistema vai gerar uma guia com o valor integral recebido pelo cidadão, que pode ser paga em diferentes canais de atendimento dos bancos, como internet banking, caixa eletrônico e guichê de caixa.

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco