COVID-19
Ouça nossas rádios
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar
Play Pause Entrar

Ouça essa matéria

Operação de combate a adulteração de combustível é realizada em Morro do Chapéu

22/10/2020












Amostras de gasolina e etanol foram coletadas e serão analisadas no laboratório da ANP. Multas foram aplicadas.

Uma força-tarefa composta pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Civil da Bahia (PCBA), Polícia Militar da Bahia (PMBA), Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) e Agência Nacional de Petróleo (ANP), deflagrou, nesta quarta-feira (21), a Operação Carbono 14 que fiscalizou postos de combustíveis na cidade de Morro do Chapéu, na região da Chapada Diamantina.O objetivo principal da operação foi fiscalizar os estabelecimentos comerciais após denúncias de venda de combustível adulterado. Na ação também foram apuradas o cometimento de possíveis infrações administrativas.

A investigação teve início após diversas reclamações de moradores da cidade que tiveram prejuízos financeiros em razão de defeitos mecânicos apresentados nos veículos logo após o abastecimento efetuados nos postos de Morro do Chapéu.

Uma viatura da polícia civil, além do carro do delegado e do escrivão também apresentaram problemas como perda da capacidade de arranque e falhas de ignição. Foi constatado que os danos apresentados nos automóveis decorriam de combustível adulterado utilizado no abastecimento.

Diante da situação, a força-tarefa iniciou às incursões e as equipes fiscalizaram os postos instalados no município e na rodovia estadual BA-052. Em três deles foi detectado probabilidade de adulteração.

Amostras de gasolina e etanol foram coletadas e serão analisadas em laboratório para verificar se o combustível atende aos padrões exigidos pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).Durante as atividades foram detectadas pela ANP irregularidades administrativas e multas foram aplicadas aos responsáveis. Os valores das multas oscilaram em torno de 35.000 reais.

As diligências prosseguem no curso do inquérito policial que encontra-se sob investigação na Delegacia de Polícia Civil.

A PRF destaca que a integração e aproximação com órgãos parceiros fortalecem a união de forças no combate à criminalidade, beneficiando diretamente a sociedade, que pode contar com agentes cada vez mais preparados na sua missão de garantir segurança e promover a prosperidade da Nação.

Fonte: PRF-BA

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco