COVID-19

Ouça essa matéria

Coronavírus: Vacina de Oxford tem eficácia média de 70%

23/11/2020

A vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca contra a Covid-19 mostrou eficácia média de 70%, de acordo com o laboratório. Essa foi a análise dos resultados preliminares divulgados nesta segunda-feira (23).

Segundo informações do G1, a AstraZeneca explicou em um comunicado que o imunizante foi 90% eficaz na prevenção à doença quando administrado em meia dose seguido de uma dose completa, com intervalo de pelo menos um mês. Já nos casos em que foi administrado em duas doses completas, com pelo menos um mês e intervalo, ele se mostrou 62% eficaz. A análise combinada dessas duas formas de dosagem resultou na média de 70%, explicou a farmacêutica.

Eles identificaram 131 voluntários infectados com a doença nos testes realizados no Brasil e nos Estados Unidos, mas nenhum caso foi grave nem demandou hospitalização.

De acordo com o CEO da empresa, Pascal Soriot, isso é positivo porque uma dose menor na primeira aplicação vai permitir que mais pessoas sejam vacinadas em um intervalo de tempo menor. "Poder vacinar mais pessoas mais rapidamente é realmente uma grande vantagem", comemorou.

O chefe de operações da farmacêutica, Pam Cheng, disse que terá 200 milhões da vacina prontas até o fim deste ano e 700 milhões até o fim do primeiro trimestre de 2021.


Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco