COVID-19

Ouça essa matéria

Após ser acusado de deslealdade por apoiadores da situação, João Rumão sai da câmara de vereadores sob vaias e xingamentos

01/01/2021






O vereador João Rumão (PT) de João Dourado foi recebido com vaias e xingamentos por simpatizantes do grupo de situação na saída da sessão de posse e eleição da nova mesa diretora da casa legislativa. Segundo informações dos bastidores da política, o vereador quis impor sua candidatura à presidência, contrariando a decisão do grupo de situação que indicaram o nome de Rosangela Cardoso. 

Por o grupo de situação indicar a chapa liderada por Rosangela Cardoso, João Rumão aliou-se com os vereadores de oposição, mantendo sua candidatura à presidência, desta forma criando uma situação de embaraço com o grupo de situação.

Com a atitude, João Rumão acabou não sendo visto com bons olhos pelos simpatizantes do grupo de situação, que o acusaram de deslealdade e traição, pois desde a campanha eleitoral, supostamente pessoas muito próximas ao vereador estariam fazendo campanha contra o candidato Di Cardoso. Assim, a indicação de João Rumão como presidente, não era aceita pelo grupo.

Dizem as más línguas inclusive, que com a decisão de segunda instância prevendo a inelegibilidade de Juninho e a ausência de um nome para substituí-lo caso ocorra novas eleições, João Rumão estaria disposto a romper com o grupo de situação e enfrentar Di Cardoso nas urnas.

Apesar da situação embaraçosa, Di Cardoso em seu discurso mostrou prezar pela harmonia, respeito e união do grupo. Di Cardoso agradeceu Rita de Dr. Celso, a quem mencionou como figura importante para a política de João Dourado. Em sua fala, Di Cardoso fez menção à memória de João Cardoso, Adriano e Celso Loula, os quais contribuíram para o desenvolvimento de João Dourado. 

Finalizando o discurso, Di Cardoso mostrou-se confiante e disse que caso precise disputar novas eleições, ele estará pronto e disposto, pois, segundo ele, quem o escolheu foi o povo.

No que diz respeito a eleição da Câmara, Rosangela Cardoso acabou sendo eleita por 6 votos, contra 5 votos da chapa de oposição, que tinha como candidato à presidente, João Rumão.

Após a eleição e sendo declarada eleita a nova mesa, a presidente eleita, Rosângela Cardoso (PL), assumiu de forma interina o cargo de Prefeita do município, já que a mesma encontrava-se em processo de vacância, pois a chapa de prefeito e vice-prefeita, eleitos democraticamente, acabaram sendo cassadas por decisão judicial, cabendo recurso. 

Desta forma, o vereador Negão vice-presidente passou a ser o novo presidente, abrindo vaga para o vereador suplente Netão, tomar posse.

Nossa equipe entrou em contato com o vereador João Rumão para ouvir a versão dele. O parlamentar disse que sobre o tema fez uma nota em minha página do instagran, reiterada do fecebook. “Quanto ao episódio  ocorrido na Câmara de Vereadores, lamento e credito à manipulaçao das pessoas vulneráveis, sujeitas a qualquer atitude em troca de promessas ou pequenas vantagens financeiras. Por fim, acerca do meu futuro político, posso lhe responder pessoalmente”, diz. 




Chapa vencedora

Presidente: Rosângela Cardoso

Vice-Presidente: Eduardo Loula

1º Secretário: Klévia Santiago

2º Secretário: Laurenita Alves






Chapa derrotada

Presidente: João Rumão

Vice-Presidente: Átila

1º Secretário: Cláudio Loula

2º Secretário: Fabiana Dourado




Veja o vídeo das vaias do vereador: 






Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco