COVID-19

Ouça essa matéria

Fabiola Mansur faz homanegam ao Dia Nacional da Visibilidade Trans

29/01/2021

 O Brasil é o país que mais mata LGBTs no mundo inteiro. E no Dia Nacional da Visibilidade Trans, precisamos refletir sobre esse dado alarmante. Infelizmente, a transfobia faz parte da nossa rotina. Todos os dias pessoas trans são mortas e ainda assim seguem invisibilizadas. Duas parlamentares trans foram ameaçadas e agredidas em São Paulo. Carol Iara teve sua casa alvo de tiros e Erikak Hilton é perseguida dentro do próprio gabinete na Câmara Municipal. Nem mesmo num Reality Show, com centenas de câmeras espalhadas pela casa, as pessoas não se sentem constrangidas em tratar esses corpos de maneira pejorativa, com atitudes equivocadas, transfóbicas. Não podemos mais aceitar. É urgente que pessoas trans tenham acessos e oportunidades iguais a todes. O mercado de trabalho formal, assim como a política e outros cargos de decisão carecem desse público. A diversidade e o acolhimento ainda serão uma realidade em nosso país. Não vamos descansar.

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco