COVID-19

Ouça essa matéria

Obra da Embasa regulariza operação de sistema em Mulungu do Morro

30/01/2021

As interrupções no serviço de abastecimento de água em Mulungu do Morro e Souto Soares, cidades do centro norte baiano, aconteciam pelo menos uma vez na semana por causa de rompimentos. Agora, as paradas se tornam cada vez menos frequentes após a substituição de sete quilômetros de adutora de água tratada, no trecho mais crítico do sistema integrado de abastecimento.

A obra, realizada pela Embasa, representou um investimento de cerca de 2,3 milhões de reais, e já traz reais benefícios para a população das duas cidades e ainda de quatro comunidades rurais pertencentes a Canarana e Barro Alto – um total de 25,5 mil pessoas

De acordo com o gerente do escritório local de Mulungu do Morro, Joan Neves, desde quando o novo trecho foi posto em operação, em dezembro, não houve vazamentos na adutora. “Ainda não tivemos rompimento da adutora em quase dois meses de operação”, relatou.

O servidor público Ramilton Jorge da Silva, morador da cidade de Souto Soares, conta que a população convivia com uma falta de água constante. “Agora depois dessa obra, acredito que o problema está resolvido e para nós, é uma satisfação muito grande”, enfatizou.

O Sistema Integrado de Abastecimento de Água de Mulungu do Morro está em operação desde 2010, quando começou a funcionar captando água do Rio Tijuco, na localidade de Várzea do Cerco, em Mulungu. Ao todo, o sistema atende a 7.800 imóveis em localidades urbanas e rurais.







Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco