COVID-19

Ouça essa matéria

Gentio do Ouro: Projetos que extinguem cargos públicos efetivos são enviados à Câmara

09/03/2021

Na cidade de Gentio do Ouro, dois Projetos de Lei que propõem extinguir cargos públicos efetivos da estrutura administrativa causaram revolta do Sindicato dos Servidores Públicos (Sindserv), após serem enviados para apreciação da Câmara Municipal de Vereadores.

Isso porque o Sindserv defende que a intenção do Executivo é de terceirizar mais de 50% dos serviços públicos no município, conforme divulgou a entidade em nota divulgada pelo site Central Notícia.

Em nota os servidores se dizem preocupados com o pedido de urgência e o teor dos projetos, se tratando do futuro da vida funcional dos servidores públicos municipais, e da estrutura dos serviços públicos do município, e isso sem publicidade e nem transparência nenhuma.
 
“Da forma como ficamos cientes dos tais projetos entendemos que existem vereadores que se preocuparam com a vida funcional dos servidores do município na atualidade e no futuro, e o fato do sindicato ter sempre representação nas sessões assim como em tudo que diz respeito ao município, nos possibilitou após ter ciência dos projetos, tempo de protocolar requerimento informando o posicionamento do Sindicato e solicitando espaço na tribuna livre para fazer os questionamentos que entendemos pertinentes e necessários, impedir que fossem votados, fazendo com que os vereadores avaliassem com mais cuidado e tempo as consequências que essas Leis pode trazer para os servidores e consequentemente para a população, pois ficou muito claro o desejo do Executivo em terceirizar mais de 50%”, diz parte da nota.

Uma assembleia extraordinária dos servidores deve ocorrer antes da próxima sessão. “Esperamos que cada Vereador examine com muito cuidado e avalie as consequências, pois hoje são representantes do povo e quando saírem do mandato permanecerão no município”, diz o documento.

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco