COVID-19

Ouça essa matéria

Resultados positivos para testes de covid-19 aumentam em 50%

02/03/2021

Lacen trabalha de forma ininterrupta para processar análises enviadas.

No auge do crescimento da pandemia do novo coronavírus na Bahia, os profissionais do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) em Salvador estão precisando “se virar nos trinta” para cumprir os prazos de entrega dos exames RT-PCR, o único tipo capaz de identificar a presença do vírus nos primeiros dias de contaminação. O aumento no número de amostras vem acontecendo de forma diária e sem controle: apenas no sábado (27), o Lacen recebeu 7.100 unidades para testagem. Para se ter uma ideia, a última vez em que houve essa média de amostragem foi na segunda quinzena de novembro de 2020, exatamente após as eleições municipais. Das amostras analisadas pelo laboratório, 50% deram resultado positivo.

A maior parte das 31.625 amostras que chegaram ao Lacen durante a última semana do mês de fevereiro pertence a Salvador, segundo informações da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Um volume expressivo para a capacidade de processamento de análises do laboratório, que atualmente está em 2 mil por dia. O número já foi bem menor: nos primeiros meses da pandemia, o Lacen analisava 400 amostras por dia. O resultado, que normalmente saía em até 48h, agora fica pronto em três dias; a exceção é para os testes inconclusivos, que precisam ser repetidos. Nos últimos dias, a Bahia totalizou mais de 10 mil infectados com a covid-19, sendo 6.520 só no dia 27 de fevereiro. O cenário fez com que o Governo do Estado e a Prefeitura de Salvador decidisse por prorrogar o fechamento dos serviços não-essenciais até quarta (3).

A diretora do Lacen, Arabela Leal, explica que o cumprimento dos prazos tem sido possível por causa da baixa volumagem de amostras a serem analisadas nos primeiros dias da semana. “O domingo e a segunda fazem com que a gente ainda possa dar conta de cumprir o prazo (de análise)”. Nesses dias, o número de amostras entregues fica na casa de 2 mil. Os sábados costumam refletir uma maior quantidade de resultados positivos por ser o dia em que as amostras de municípios do interior chegam à capital, coletadas durante as quintas e sextas. Para garantir os resultados dos testes, a equipe tem trabalhado de forma ininterrupta durante 72 horas.
Fonte:TRIBUNA

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco