COVID-19

Ouça essa matéria

Baiano que matou quatro no DF foi preso por duplo homicídio em 2007 em Barra do Mendes

16/06/2021

O homem apontado como o "maníaco de Brasília", após ter matado quatro pessoas de uma mesma família no distrito, já foi preso por um duplo homicídio em Barra do Mendes. Ele é natural do município e, em 2007, foi capturado pela polícia local por conta desse crime.

Segundo relatado pela assessoria de comunicação da Polícia Civil ao Bahia Notícias, o criminoso foi indiciado pelos assassinatos de José Carlos Benício de Oliveira e Manoel Desidério Silva, no povoado de Melancia. O inquérito, concluído e enviado à Justiça, aponta que ele atingiu as vítimas com disparos de espingarda e depois fugiu, se apresentando dias depois na unidade policial.

Na ocasião, Souza confessou o crime e disse que foi motivado por uma briga, após ser acusado de roubo por Manoel Silva. No entanto, cerca de 10 dias depois, ele fugiu e é considerado foragido desde então.

SÉRIE DE CRIMES EM BRASÍLIA

Lázaro Sousa é suspeito de matar quatro pessoas de uma mesma família em Ceilândia, na zona rural de Brasília. O G1 DF conta que ele invadiu a casa dessa família, onde assassinou, com tiros e facadas, Cláudio Vidal, de 48 anos, e os dois filhos dele, Gustavo Vidal, 21, e Carlos Eduardo Vidal, 15. Ele também sequestrou Cleonice Marques de Andrade, de 43 anos, esposa de Cláudio e mãe dos jovens. Ela foi encontrada morta três dias depois em um córrego da região.

Só neste ano, ele cometeu ainda outros crimes. De acordo com a publicação, no dia 26 de abril, Souza invadiu uma casa na região do Sol Nascente, em Brasília, e estuprou uma mulher. Depois, no dia 17 de maio, fez outra família refém na mesma região e os ameaçou.

Então na última quinta (10), após o quádruplo homicídio, ele rendeu o proprietário de uma fazenda, a filha dele e o caseiro, além de ter roubado um carro em uma chácara. Já no sábado (12), o criminoso atirou em outras pessoas e trocou tiros contra policiais que tentavam capturá-lo. Até que no domingo (13), ele furtou mais um carro antes de seguir em fuga pela mata. Mesmo procurado por cerca de 200 agentes policiais, o homem não foi detido até a manhã desta quarta-feira (16).


Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco