COVID-19

Ouça essa matéria

Anvisa autoriza estudo para analisar eficácia de Proxalutamida contra a Covid-19

19/07/2021

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou um estudo clínico que vai analisar a segurança e a eficácia do medicamento proxalutamida na redução da infecção viral causada pelo novo coronavírus e no processo inflamatório provocado pela Covid-19. O aval positivo foi dado nesta segunda-feira (19).
Além do Brasil, o estudo será realizado na Alemanha, Argentina, África do Sul, Ucrânia, México e Estados Unidos. Por aqui vão participar 12 voluntários do estado de Roraima e outros 38 de São Paulo. O estudo é patrocinado pela empresa Suzhou Kintor Pharmaceuticals, sediada na China. Segundo a Anvisa, o ensaio ocorre em fase III, e vai avaliar a eficácia e a segurança da substância em participantes ambulatoriais do sexo masculino com Covid-19 leve a moderada.
NOVA CLOROQUINA?
A Proxalutamida contra a Covid-19 foi mencionada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao sair de um hospital em São Paulo, após receber alta neste domingo (18).
“Tem uma coisa que eu acompanho há algum tempo, e nós temos que estudar aqui no Brasil. Chama-se proxalutamida.
Já tem uns três meses que isso aí... Não tá no mercado, é uma droga ainda em estudo, sendo estudada”, disse Bolsonaro.

O medicamento é fabricado na China e inicialmente testado para cânceres como mama e próstata, e agora para a Covid-19.
E ao contrário de outros medicamentos que Bolsonaro e outros integrantes do governo prescreviam desde o início da pandemia, como a cloroquina e a ivermectina, a proxalutamida ainda não foi descartada como ineficaz nesta pandemia.
Fonte: Bahia Notícias

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco