COVID-19

Ouça essa matéria

FABÍOLA APLAUDE DE PÉ OS 78 ANOS DA HORA DA CRIANÇA

24/07/2021


A deputada Fabíola Mansur (PSB) apresentou na Casa Legislativa uma moção de aplausos pela passagem dos 78 anos da "Hora da Criança", um movimento educativo e cultural da Bahia fundado em 25 de julho de 1943. A Hora da Criança atende anualmente, de forma gratuita, mais de 300 crianças e adolescentes, sendo 95% destes oriundos de comunidades do entorno da sua sede, na capital, beneficiando principalmente as comunidades do Nordeste de Amaralina e de Brotas.

A parlamentar informa que a partir deste sábado, dia 24, até de 30 de julho, das 17h às 20h, as pessoas interessadas em conhecer o valoroso trabalho da instituição podem apreciar o "Circuito Artístico: O desaguar de um Igarapé”, composto por instalações que tomam como inspiração o percurso da Hora da Criança, compartilhando com a sociedade memórias de realizações junto ao seu público-alvo, as crianças. Com atividades de teatro, dança, música e artes visuais, além de elementos cênicos - como figurinos e adereços de espetáculos encenados pela instituição, fotografias, vídeos, músicas e notícias de jornais -, o Circuito vai conduzir o público para o belo universo das infâncias, sob olhar da Hora da Criança. Toda esta iniciativa artística, complementa a socialista, será finalizada com a participação das crianças, através de uma exposição dos trabalhos, fruto das atividades realizadas remotamente durante esse período de pandemia.

A presidente da Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviços Públicos da ALBA lembra que tudo começou com o programa de rádio, que foi ao ar, pela primeira vez, em 25 de julho de 1943. Durante os programas diários, milhares de composições musicais, arte-dramáticas e esquetes foram produzidas. A legisladora explica que até os dias atuais todo esse material é estudado e aplicado, com uma metodologia própria, a de educar através da arte. Criado pelo professor, jornalista, compositor, escritor e teatrólogo baiano Adroaldo Ribeiro Costa, considerado o primeiro arte-educador do Brasil e fundador do teatro para crianças, a Hora da Criança desenvolve um processo educativo integral, permitindo às crianças e jovens (de 5 aos 17 anos e 11 meses) uma educação lúdica, preparando cidadãos sensíveis e integrados na sociedade.

Com sede própria, a Hora da Criança funciona na Avenida Juracy Magalhães Jr, Parque Lucaia, no bairro do Rio Vermelho. São salas ambientes às linguagens artísticas, com um teatro, como sala de aula (laboratório), anfiteatro e galpões para oficinas de cenários. Na moção, Fabíola elogia o trabalho da equipe que faz funcionar a instituição, destacando a presidenta da Hora da Criança, Josélia Almeida, e ressalta que este é um tempo de glórias e honras ao professor Adroaldo Ribeiro Costa, que tanto fez pela criança ao criar esta organização completamente independente, que educou através da arte. "Teatro, música, rádio-teatro, dança e tudo que podia engajar as crianças de uma forma definitiva numa educação cidadã, uma obra social que vigora até hoje, fazendo um bem enorme às crianças e adolescentes", declara.

No documento, a deputada fez questão de registrar que, assim como outros imensos baianos, o professor Adroaldo pertence a um passado, que não é devidamente preservado. Ela acrescenta que as lembranças e a obra, daquele que foi um dos grandes educadores brasileiros, vêm sendo mantidas por um grupo aguerrido, a maioria seus ex-alunos na Hora da Criança. Para a socialista, Adroaldo Ribeiro Costa, o autor do hino do Esporte Clube Bahia, foi um enorme educador, que deveria ter um lugar reservado na história junto a Anísio Teixeira, Darcy Ribeiro e tantos outros. “Meus aplausos de pé a todos que continuam levando o sonho de Adroaldo Ribeiro Costa pra frente”, encerrou, emocionada, a presidente do Colegiado de Educação e Cultura da Assembleia Legislativa.

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco