COVID-19

Ouça essa matéria

Governo desabilita 234 leitos para Covid na Bahia; hospital no Riverside será desmontado

13/08/2021

Com uma queda nos números de casos e mortes por Covid-19 e o avanço da vacinação, o Governo da Bahia vai desativar outros 234 leitos hospitalares destinados a pacientes com a doença. Por meio da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) determinou a desmobilização, publicada nesta sexta-feira (14), no Diário Oficial. Deste montante, 156 são leitos clínicos e 78 de terapia intensiva. Três unidades estão localizadas na região metropolitana de Salvador e as outras distribuídas nas macrorregiões baianas Centro Leste, Extremo Sul, Norte e Sudoeste.
Na capital, serão desativados os leitos Covid do Hospital Universitário Professor Edgard Santos (Hupes) da UFBA, no bairro do Canela, e o Hospital Professor Eládio Lassére, em Águas Claras, e em Lauro de Freitas as instalações montadas no Hotel Riverside. Transformado em hospital de campanha em abril de 2020, o Riverside foi reabilitado em março deste ano.
À época, o governo da Bahia investiu cerca de R$ 2,2 milhões em sua instalação. Na segunda maior cidade da Bahia, o Hospital Feira de Santana vai fechar 15 leitos clínicos e 8 de UTI, enquanto em Teixeira de Freitas serão desmobilizados 10 leitos de alta complexidade.
No norte, a Sesab vai desmobilizar leitos no Hospital Regional de Juazeiro e no Hospital Municipal Dom Antonio Monteiro, em Senhor do Bonfim. Por último, o Hospital Municipal de Caetité também vai fechar 10 leitos clínicos.

De acordo com o último boletim divulgado pela Sesab, 1.362 novos casos foram registrados nas 24 horas anteriores e 24 óbitos. Até o momento, a Bahia já vacinou mais de 7 milhões de pessoas, o que representa cerca de 66% da população com 18 anos ou mais, ao menos com a primeira dose do imunizante.
Fonte: B.NEWS

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco