COVID-19

Ouça essa matéria

Agricultor é um dos primeiros beneficiados com novo Serviço de Hemodinâmica do Hospital de Irecê

16/09/2021

 


P



Com suspeita de infarto, o agricultor Idelfonso de Sousa, 55 anos, residente em Floresta de João Dourado, cidade próxima a Irecê, foi salvo graças aos procedimentos realizados no novo Serviço de Hemodinâmica do Hospital Regional Dr. Mário Dourado Sobrinho (Hospital Regional de Irecê), unidade administrada pelas Obras Sociais Irmã Dulce (OSID). Inaugurado no último dia 10, pelo governador Rui Costa e pela secretária da Saúde em exercício, Tereza Paim, o serviço irá beneficiar cerca de 400 mil habitantes de 19 municípios de toda a região. 


A Hemodinâmica ainda estava em fase de testes, mas acabou salvando a vida do agricultor, que foi submetido a um cateterismo e a uma angioplastia, procedimentos essenciais no seu diagnóstico e que poderão ajudar outros pacientes. Seu Idelfonso conta que procurou o hospital, após sentir dores recorrentes do lado esquerdo do peito, sem dar a devida importância: “Senti piorar e pedi a minha esposa para me trazer ao hospital. O médico suspeitou de infarto e pediu os exames. Fiz tudo aqui, o serviço salvou minha vida. Tenho que agradecer, primeiramente a Deus, à Irmã Dulce, minha família, e aos médicos daqui”.


Com o novo Serviço de Hemodinâmica, o Hospital de Irecê passa a oferecer arteriografia, angioplastia e CATE (cineangiocoronariografia) para pacientes internos com indicação e pacientes regulados por meio da Central Estadual de Regulação. Os benefícios alcançam pessoas que antes precisavam percorrer até 400 quilômetros em busca de atendimento em hospitais de Feira de Santana e Salvador, e que agora já podem fazer seus exames e procedimentos no Hospital Regional de Irecê.


Em funcionamento desde sábado, a Hemodinâmica representa uma importante conquista para a líder clínica do hospital, Lara Azevedo: “Os nossos pacientes já estão sendo atendidos e isso representa um ganho imensurável. Estamos emocionados e muito felizes”, comemora. Para a líder da unidade hospitalar, Ingrid Rafaelly Correia, o novo serviço é a “realização de um sonho”: “Toda a equipe está confiante e dedicada em dar o seu melhor na assistência aos pacientes. Nós, que fazemos parte da OSID, levando conosco a missão do Amar e Servir, estamos muito felizes em poder contribuir com a melhoria de vida da população”.


Além da inauguração da Hemodinâmica, o governador assinou uma ordem de serviço para ampliação e reforma do hospital, que hoje conta com 120 leitos ativos e é habilitado para atendimento Urgência e Emergência nas áreas de Cirurgia Geral, Clínica Médica, Obstetrícia, Ortopedia/Traumatologia, Bucomaxilofacial e Pediatria. 

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco