COVID-19

Ouça essa matéria

Deputado bolsonarista detona propaganda do Governo do Estado Capitão Alden faz duras críticas a gestão do PT na Bahia

23/10/2021




O tema Segurança Pública tem se tornado o centro das atenções cada vez mais, principalmente, pela escalada dos indicadores da violência urbana e que em muitos casos estão associados ao tráfico de drogas. Neste contexto nada favorável, a Bahia figura entre os estados que mais contabiliza números negativos. O Governo do Estado segue de forma pitoresca tratando o assunto de maneira questionável, seja pelas falas polêmicas do titular da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Ricardo Mandarino, que já se mostrou favorável à legalização das drogas ou pelas campanhas da gestão Rui Costa na imprensa que vão de encontro com as posturas do próprio Poder Executivo Estadual.







Para o deputado estadual Capitão Alden, uma das principais vozes bolsonaristas na Bahia, as tentativas de melhorar a Segurança Pública por parte da gestão do Partido dos Trabalhadores (PT) são artifícios meramente midiáticos. “Em sua última cartada, o Governo do Estado lançou uma campanha voltada ao combate às drogas, mas o vídeo faz menção a ‘mais família e menos drogas’. A família é uma bandeira defendida pela Direita, ou seja, a gestão Rui Costa está abandonando a Esquerda?”, questiona Alden.







O parlamentar destaca que o PT na Bahia está com os dias contados, pois cada vez mais a propaganda bonita divulgada pelo Governo do Estado se distancia do mundo real vivenciado pelos baianos. “Quem não conhece a Bahia e só vê as propagandas ‘Tamanho G’ fica até com vontade de se mudar para cá, mas quem vive no estado, digo o povo real, sabe que o estado nos últimos anos está na ‘UTI’ não só na Segurança Pública, isso é um problema crônico de uma gestão desastrosa”, afirma Alden.






Narrativa - O Partido dos Trabalhadores (PT) segue com uma peculiar mudança de discurso, recentemente, e o ex-candidato à Presidência da República, Fernando Haddad, afirmou que o “PT não é um partido de Esquerda, mas de centro-esquerda”, a manobra é para fortalecer a narrativa que trata-se de um “novo” partido! Mas, o povo está de olho e 2022 fica cada dia mais perto!

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco