COVID-19

Ouça essa matéria

FABÍOLA LAMENTA FALECIMENTO DA ATRIZ BAIANA LIA MARA

23/11/2021




O falecimento da atriz Lia Mara, aos 89 anos, ocorrido no último domingo (21), em Salvador, foi motivo de moção de pesar da deputada Fabíola Mansur (PSB), protocolada na Assembleia Legislativa da Bahia.




Batizada Elieth Leal D'Araújo, Lia Mara foi atriz, professora de Dicção e Improvisação da Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia - da qual foi também diretora -, e de vários políticos durante as campanhas eleitorais, jornalista, fonoaudióloga, agente empreendedora de turismo e criadora da primeira empresa de publicidade da Bahia, a Chamas Publicidade.




No documento, Fabíola ressaltou a atuação de Lia Mara no teatro, como o personagem principal na peça "A Casa de Bernarda Alba”, de Federico Garcia Lorca, na década de 70, sob a direção de José Possi Neto. Também elogiou os trabalhos realizados junto a diretores reconhecidos, “sobretudo os que atuaram em Salvador nas décadas de 1950 e 1960, dentro do circuito universitário de vanguarda na época do Reitor Edgard Santos, como o maestro alemão Hans Koellreuter, o diretor americano Charles McGaw e Martim Gonçalves, fundador da Escola de Teatro da então Universidade da Bahia, entre outros”, lembrou.






Para a legisladora, Lia foi referência profissional e humana, exemplo para uma legião de amigos, admiradores e ex-alunos. “O teatro baiano perde uma estrela, uma personalidade marcante. Uma das Damas do Teatro e Senhora da Voz. Inteligente, corajosa e linda. Uma mulher à frente do seu tempo, capaz e digna, que abriu muitas portas. Admirável como atriz, profissional e ser humano, que deixa importante legado para as artes, jornalismo e publicidade”, lamentou.






Fonte: ALBA

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco